Em uma iniciativa para promover o uso consciente de medicamentos, o Hospital da Primavera inaugurou esta semana o Serviço de Farmácia Clínica, um consultório voltado para orientação e dispensação de medicamentos aos pacientes do hospital.

O serviço funciona de segunda à sexta, das 8h às 14h, e é realizado em parceria com a Universidade Federal do Piauí (UFPI). “Neste primeiro momento estamos atendendo a dois públicos: os pacientes atendidos na urgência com prescrição de antibióticos e também os pacientes que recebem alta”, conta Caroline Soares, farmacêutica do Hospital da Primavera. Ela explica que nestes dois casos, conforme portaria municipal, os medicamentos devem ser entregues pela farmácia do hospital, então a ideia é aproveitar o momento para dar orientações sobre o uso racional destes medicamentos.

As orientações consistem em informações sobre o medicamento prescrito, seus benefícios e como deve ser tomado. “Entregamos um folheto informativo explicando para que serve esse medicamento que ele está usando, a importância, o horário certo que ele vai tomar e por quantos dias”, explica a farmacêutica. Juntos, eles preenchem uma tabela com os horários e doses, de forma a facilitar a administração em casa. O paciente ainda é convidado a voltar ao consultório caso surja alguma dúvida.

Raimundo Marques recebeu alta depois de 11 dias de internação no Hospital da Primavera. Orientado pela médica, ele procurou o consultório farmacêutico para receber os antibióticos e dar continuidade ao tratamento de sua infecção na perna. “Eu não conhecia esse serviço e achei muito bom, porque tomo muitos remédios e ela me ajudou a me organizar”, disse o senhor de 63 anos.

Caroline Soares explica que a dispensação dos medicamentos é feita em doses exatas, em acordo com determinações em portaria municipal: os antibióticos são entregues em quantidade suficiente para o tratamento completo; medicamentos de uso contínuo são entregues em quantidade para dez dias de tratamento e medicamentos de dor e febre suficientes para três dias. “É o tempo que ele volta para sua UBS de referência e dá continuidade ao tratamento por lá”, explica.

 

 

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).