O Hospital do Parque Piauí, na zona Sul de Teresina, terá uma programação especial para alertar a população sobre os malefícios do uso do cigarro e mostrar os resultados do programa de combate ao tabagismo implantado na unidade e ativo desde 2010. A iniciativa é em alusão ao Dia Mundial sem Tabaco. O evento ocorrerá nesta sexta-feira (31), das 10h às 11h30 e será aberto ao público.

De acordo com a estatística do Hospital do Parque Piauí, no período de 2010 a maio de 2019, 738 pessoas realizaram o tratamento buscando parar de fumar e cerca de 440, o corresponde a 62% dos usuários, conseguiram abandonar o vício em cigarro. Esse quantitativo corresponde ao dobro da média de êxito nacional, que é de 30%. Atualmente, 20 pessoas iniciaram o tratamento.

“O tabagismo é um grave problema de saúde pública. A nicotina do tabaco causa dependência química similar à dependência de drogas como cocaína e é um fator que causa quase 50 diferentes doenças incapacitantes e fatais. Os malefícios do cigarro não são apenas individuais, mas também coletivos”, afirma Dulce Silva, diretora geral do hospital do Parque Piauí.

Ela explica ainda que o programa de combate ao tabagismo do Hospital do Parque Piauí conta com uma equipe multidisciplinar. O tratamento, que dura cerca de um ano, concilia terapia em grupo e uso de medicamentos. Os interessados em ingressar no tratamento devem dirigir-se à sala do serviço social do hospital, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

Confira programação do evento – dia 31/05/2019

-10:00 Acolhida dos gestores/coordenadores do Programa à comunidade e usuários/as do programa
-10:30 Apresentação cultural da Orquestra Sanfônica
-11:00 Palestra: TABACO E A SAÚDE PULMONAR: os benefícios de parar de fumar. Ministrante: Dr. Robert Alves
-11:20 Apresentação dos resultados do Programa 11:30 Coffee break de encerramento