A população do Parque Piauí abraçou a segunda edição do Meu Bairro é Limpeza realizado na manhã deste sábado (13), na Praça da Integração. Logo no início, às 8h, os moradores do bairro já buscavam pelos serviços oferecidos no evento.

Durante toda a manhã, foram disponibilizadas vacinas contra o vírus da gripe, mudas de plantas, orientações sobre educação ambiental, atividades para crianças, dança, recreação e muito mais.

Ascom/ SDU Sul

O projeto é realizado pela Prefeitura de Teresina, através da SDU Sul, em parceria com secretarias como a Fundação Municipal de Saúde (FMS), Semam, Fundação Monsenhor Chaves, Coordenadoria de Arborização, Semel, Semec, Semgov e Semcom.

A principal meta do Meu Bairro é Limpeza é levar à população orientação e realizar ações de saúde e educação ambiental. Logo após o início do evento, as equipes de limpeza da SDU Sul começaram a circular todo o bairro recolhendo inservíveis nas residências para evitar que possam se transformar em criadouros do mosquito Aedes aegypti. A aposentada Maria do Rosário Cruz aprovou a iniciativa. “Já estava preocupada com material que deixaram aqui e não tinha como jogar fora porque estou doente”, disse.

Desde a sexta-feira um carro volante da FMS circulava nas ruas do Parque Piauí, solicitando que os moradores colocassem esse tipo de material nas portas para o recolhimento.

Ascom/SDU Sul

“A Prefeitura de Teresina, com esse evento e várias outras ações, tem feito um grande trabalho de limpeza de nossa cidade. Mas o resultado só será realmente eficiente se contarmos com o apoio incondicional da nossa população. A limpeza tem que acontecer também dentro de cada residência, cada um tem que fazer a sua parte”, alertou o superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes.

Segundo a avaliação da agente de saúde, da FMS, Francisca Moreira, essa conscientização da população é parte fundamental. “Temos percebido uma evolução neste caminho, mas ainda muito pouco. É preciso muito mais. É uma evolução muito lenta, que precisa andar a passos mais largos”, lembra.

Ascom/SDU Sul

Na praça, um dos serviços mais procurados foi a vacina contra a gripe. Quem aproveitou a oportunidade foi o senhor José Rêgo, servidor público federal. “Quando fui me vacinar no hospital levei meus filhos, mas não tinha vacina para eles. Quando me disseram que ia ter aqui decidi trazer eles. Ainda bem que deu certo”, contou.