Rômulo Piauilino

Teresina completa 167 anos na próxima sexta-feira (16). Pensando nisso, durante todo o mês de agosto, a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) realiza uma programação especial em comemoração. Espaços como o Teatro Municipal João Paulo II e o Teatro do Boi desenvolvem atividades que integram os cidadãos no âmbito cultural e social.

Para o presidente da FMC, Luís Carlos, este é um importante momento não só para a cidade, mas também para a instituição. “Nos seus 167 anos, Teresina merece mostrar a sua arte, um pouco da sua cultura. E durante o mês de agosto, vamos apresentar um pouco do que temos, dos projetos que a Prefeitura mantém e, principalmente, o talento dos teresinenses. Vamos mostrar que Teresina é toda arte”, disse.

Nesta tarde (13), em comemoração aos 14 anos do Teatro João Paulo II, a partir das 17h30, será realizada uma ação cultural no calçadão do teatro. Com entrada gratuita, o evento terá as apresentações de “O Jacá do Caburé”, de Caburé e Cia, a Banda Acácias, Balé da Cidade de Teresina, Banda Escola “Maestro Duda”, CEFTI Raldir Cavalcante Bastos. Além disso, serão expostas telas de caricaturas por Ahmed Samir, artesanato, bijouterias, souveniers, bordados e bonecas, alfabetização do corpo e Eryca Teixeira performance “Ninfa”.

Na quarta-feira (14), de 09h às 13h, a Praça Rio Branco será palco do Cinema no Passeio. O projeto, inteiramente gratuito, consiste na exibição de produções audiovisuais durante todas as quartas-feiras do mês. E pela tarde, a partir das 18h, Teresina recebe o Festival Food Truck no estacionamento da Ponte Estaiada. O evento é o maior da América Latina e traz, além dos mais variados sabores gastronômicos, várias atrações musicais. Com entrada livre, o festival vai até 20 de agosto.

Na quinta-feira (15), é a vez do Teatro do Boi celebrar o seu aniversário. E como parte da comemoração dos seus 32° anos, acontece o espetáculo do Grupo Vagão, coletivo que engloba música, mágica e improvisação trazendo toques da cultura piauiense. Além disso, terão também apresentações das bandas Escola Luiz Gonzaga e Os Caiporas, dos grupos de Dança e Baile do Teatro do Boi, compostos por alunos das oficinas oferecidas pela própria casa. A entrada é franca.

Na sexta-feira (16), o Teatro do Boi realiza, também, o IV Festival de Grafite. Com entrada gratuita, a edição visa homenagear a cidade e fortalecer, ainda mais, a cultura da arte urbana e o Hip-Hop no cenário local. O festival pretende trazer uma reflexão da prática das artes do grafite, da tatuagem, da xilogravura, da caricatura e das artes plásticas.