Ascom/FMS

Profissionais do Centro Municipal de Atendimento Multidisciplinar (CMAM), da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), participaram, nesta segunda (09), da abertura do Projeto Colmeia do Aprender, na Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Poeta Torquato Neto. O projeto é uma parceria entre CMAM, Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPP) e Núcleo de Desenvolvimento e Apoio Psicopedagógico (NUDAP) da UESPI.

“Estamos sempre buscando parcerias que venham somar ao serviço do CMAM, que é pioneiro aqui em Teresina e tem mudado a realidade de várias crianças. Saúde e educação são prioridades sempre para que possamos construir um futuro melhor para as crianças da nossa capital”, fala Charles Silveira, presidente da FMS.

Crianças atendidas no CMAM foram encaminhadas para serem acompanhadas pelos psicopedagogos do Projeto Colmeia do Aprender, que é voltado para atender crianças e adolescentes com dificuldade e transtornos de aprendizagem. “Existe uma demanda muito grande nas nossas escolas municipais na parte de atendimento em psicopedagogia. As parcerias que sempre realizamos são muito válidas, pois não fazemos nada sozinhos. São nossos parceiros que alavancam nosso trabalho”, informa Daniela Escórcio, diretora do CMAM.

Através desse projeto serão atendidas crianças que apresentam dificuldades no desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem. Elas receberão atendimento no Núcleo de desenvolvimento e Apoio Psicopedagógico (NUDAP), por profissionais capacitados cedidos pela Associação de Brasileira de Psicopedagogia.

“O Projeto Colmeia do Aprender é voluntário e acontece no espaço brinquedoteca da UESPI, setor 06. Esse projeto social faz parte da formação continuada do profissional em psicopedagogia, que vem auxiliar as crianças com dificuldade de aprendizagem. Nosso objetivo é fazer com que essas crianças entendam e compreendam a necessidade do aprendizado”, explica Cristina Miranda, presidente Associação Brasileira de Psicopedagogia/Seção PI.

O projeto Colmeia do Aprender consolida a ideia de prestar um serviço para o processo de aprendizagem humana, buscando a construção do SER e do SABER com o gosto afável de mel, na perspectiva de um mundo mais humanizado e igualitário. O objetivo geral do projeto é criar um espaço personalizado em vários núcleos das escolas municipais e estaduais de Teresina e outros municípios do Piauí. A ação também envolve a sensibilização familiar sobre a importância do vínculo no processo do aprender e a contribuição para a formação continuada do profissional especialista em psicopedagogia, dando suporte de supervisão psicopedagógica para a autonomia de sua prática.