Ascom/FMCMC

O projeto Banda Escola receberá repasses para a compra de novos instrumentos. Em reunião na manhã desta terça-feira (10), no Palácio da Música, representantes do Programa Lagoas do Norte e da Fundação Monsenhor Chaves discutiram a distribuição dos itens, que visam desenvolver ainda mais atividades de inclusão social, oferecendo oportunidades para jovens em situação de vulnerabilidade na região Norte da capital.

O Programa Lagoas do Norte é constituído por três componentes: o primeiro é voltado para a modernização e desenvolvimento urbano; o segundo é focado na questão urbanística-ambiental da região; e a terceira parte é revertida para o desenvolvimento econômico e social, dando apoio à iniciativas como o projeto Banda Escola. Por meio da aquisição de novos equipamentos musicais e buscando ampliar a capacidade de atendimento, esse incentivo é importante para educação e cultura dos jovens assistidos.

“Esse apoio é fundamental, pois mais crianças terão a chance de aprender e poder ingressar na vida musical, além de podermos desenvolver ainda o lado intelectual e humano deles. Isso vai marcar a vida desses jovens”, conta Gustavo Cipriano, coordenador do projeto Banda Escola.

Sendo uma das grandes atrações do Desfile de 7 de Setembro, o projeto Banda Escola da Prefeitura de Teresina, desenvolvido pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), atende mais de 400 crianças e adolescentes das escolas municipais. Ele visa a integração social de jovens da periferia da cidade através da música, priorizando aqueles que estão com baixo rendimento escolar, distorção de idade ou que se encontram fora da escola.

Neste ano, o Banda Escola celebra os seus 31 anos de formação de músicos. De caráter comunitário e inclusivo, cada participante tem a oportunidade de aprender um instrumento musical de sopro ou percussão que compõe a estrutura da banda de música que já faz parte do coração de Teresina.