A rotina de funcionamento dos mercados públicos inicia, diariamente, às 3h e termina somente às 14h. Por esses locais passam todos os dias muitas pessoas entre clientes e permissionários. A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte, preocupada com a limpeza desses ambientes, está realizando uma faxina geral e dedetização nos mercados públicos do Mafuá, São José, São Joaquim, do Peixe e Buenos Aires.

De acordo com o gerente de Serviços Urbanos do órgão, José Neto, a rotina de limpeza dos mercados públicos é diária e, além da limpeza, periodicamente também é feita a dedetização dos ambientes. “Todos os dias passam muitas pessoas pelos mercados, o que faz com que se produza muito lixo, por isso é essencial uma atenção especial com o serviço de limpeza”, enfatiza.

O gerente reforça ainda que o diálogo com os permissionários é feito com frequência, sempre mostrando para eles a necessidade da manutenção dos locais. “Para que esses espaços fiquem organizados estamos sempre conversando com todos. Esse trabalho faz parte da nossa rotina”, disse.

“Estamos fazendo uma organização geral nos mercados públicos da zona Norte, mas para que esse serviço tenha um bom resultado precisamos contar com a colaboração de todos, tanto dos permissionários, quanto dos clientes”, enfatiza Márcio Sampaio, superintendente executivo da SDU.

A feirante Antônia Ferreira, que trabalha no Mercado do São Joaquim, revela que o local, que passou por uma reforma recentemente, está cada dia melhor. “Desde 1992 trabalho aqui nesse mercado e nunca tinha visto tanta limpeza e organização. Sabemos que nós temos a nossa obrigação e temos que fazer nossa parte, por isso estamos colaborando para o mercado ficar sempre limpo”, disse.

A aposentada Conceição de Maria Rodrigues, que costuma fazer compras no Mercado do Mafuá, afirma que muito ainda precisa ser feito para o mercado ficar organizado, mas reconhece que já está havendo uma mudança no local. “Para que o mercado fique realmente bom é preciso que tanto as pessoas que trabalham no local como os clientes ajudem e cumpram suas obrigações, pois esse é um local nosso e precisamos conservá-lo”, ressaltou.

Para colaborar com o trabalho das SDUs o cidadão pode denunciar casos de depósito irregular de lixo através do aplicativo Colab ou entrando em contato com a Ouvidoria da Superintendência, no número (86) 3215-7460.