Estudantes dos cursos de Enfermagem, Psicologia, Técnico em Enfermagem e Libras que desejem acompanhar diariamente a rotina escolar dos estudantes da Rede Municipal de Teresina que possuem algum tipo de deficiência, podem procurar a sede da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) no setor de Divisão de Educação Inclusiva, para realizarem cadastro para atuarem como auxiliares de apoio à inclusão.

As inscrições estão abertas e seguem até o dia 16 de março. Os acadêmicos de enfermagem e psicologia devem estar cursando o 4º período, os técnicos de enfermagem precisam estar no 2º módulo do curso, já os interpretes de libras devem estar regulamente matriculados em uma instituição de ensino. Todos os estudantes precisam também realizar cadastro no Centro de Integração Empresa Escola – CIEE.

“O auxiliar de apoio à inclusão acompanha os alunos com maiores dificuldades de locomoção, alimentação e higiene, trabalhando para desenvolver as habilidades dos estudantes no sentido de torná-los cada vez mais independentes”, explicou Samara Moura Oliveira, coordenadora da Divisão de Educação Inclusiva da SEMEC.

De acordo com o Ministério da Educação, todas as escolas de educação regular, pública e privada devem assegurar as condições necessárias para o pleno acesso, participação e aprendizagem dos estudantes com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento em todas as atividades desenvolvidas no contexto escolar. O profissional de apoio atua em casos específicos, onde o aluno necessite de atenção especial, atuando de forma articulada com os professores do aluno, da sala de aula comum, da sala de recursos multifuncionais, entre outros profissionais da escola.