A Campanha Janeiro Branco é dedicada a colocar o tema da saúde mental em evidência na sociedade, chamando atenção dos indivíduos e das instituições sociais para a necessidade e as importâncias subjetivas, mentais e emocionais dos seres humanos. Com este objetivo, a Unidade Básica de Saúde João Cirilo, localizada na comunidade Boa Hora, está promovendo até esta sexta-feira (17) uma série de ações com usuários e profissionais.

A última quarta-feira (14) foi o primeiro dia de atividades, dedicado à saúde mental dos servidores da UBS, que participaram de atividades de musicoterapia, aromaterapia, massoterapia e relaxamento. “Consideramos importante que a equipe cuide também de quem cuida, por isso estamos começando com atividades de promoção da saúde mental dos profissionais de saúde da unidade”, informou a enfermeira Lívia Viana.

Nos próximos dias o foco se volta aos usuários, com uma programação composta por debates e reflexões, rodas de conversa e distribuição de panfletos. “Convidamos as pessoas a pensarem sobre suas vidas, o sentido e o propósito delas, a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, seus pensamentos e sobre os seus comportamentos. Afinal, quem cuida da mente, cuida da vida”, afirma Lívia.

O mês do Janeiro Branco surgiu em 2014 e convida a colocar os temas da saúde mental em máxima evidência no mundo, em nome da prevenção ao adoecimento emocional da humanidade. A escolha do mês se dá por ser o primeiro do ano, época em que as pessoas estão mais propensas a pensarem em suas vidas, suas relações sociais, suas condições de existência, suas emoções e seus sentidos existenciais.