Ascom/FMS

Com o objetivo de garantir o funcionamento contínuo das salas de coleta nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) está realizando, nesta quarta (22) e quinta (23), um treinamento para técnicos de enfermagem destes locais. Ministrada pelo Laboratório Raul Bacellar, a capacitação tem como pauta a coleta de exames laboratoriais.

Nestes dois dias, os profissionais aprenderão a teoria sobre a coleta em si, bem como a rotina do Raul Bacellar, laboratório referência para todos os exames realizados na rede municipal. Posteriormente, eles passarão para a etapa prática que será feita em UBS escolhidas como multiplicadoras do conhecimento.

“Estamos capacitando estes profissionais para evitar a descontinuidade do serviço nas unidades caso o técnico de coleta precise se ausentar por algum motivo, em licença que não exceda 30 dias – tempo mínimo exigido para o requerimento de substituto”, informa a enfermeira Ketiana Guimarães, da Gerência de Ações Estratégicas da FMS.

Desta forma, eles estarão aptos para fazer a substituição e manter a oferta e o atendimento, reorganizando o serviço e permitindo que a unidade coletadora siga funcionando sem transtornos. “Se trata de uma parceria entre o Raul Bacellar e a Atenção Básica para aprimorar o atendimento ao usuário do SUS”, comenta a diretora do laboratório, Evelma Vasconcelos.

Raul Bacellar

O laboratório realiza uma média de 220 mil exames por mês e atende toda a rede SUS em Teresina, o que inclui 90 Unidades Básicas de Saúde (UBS), 10 hospitais, quatro maternidades e três Unidades de Pronto Atendimento (UPA), entre outros.

Atualmente o Laboratório Raul Bacellar conta com uma equipe de 135 colaboradores nas mais diversas áreas, como administrativa, técnica laboratorial e bioquímica. No total dos postos de coleta do Raul Bacellar, todos estão informatizados, imprimindo os resultados na própria unidade, e o usuário pode acessar estes resultados em qualquer computador.