Ascom/Semec

Os municípios brasileiros têm até o ano de 2021 para apresentarem suas reformulações do currículo da Educação Infantil. Enquanto isso, Teresina planeja lançar o documento seguindo as novas diretrizes ainda este ano. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) já deu início às discussões, com expectativa de lançamento para o mês de julho.

Professores, pedagogos, diretores e técnicos da Semec estão alinhando o currículo de Teresina às novas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Na prática, as escolas devem avançar na ideia de que a criança é o centro do processo de aprendizagem. Para isso, o documento vai orientar os educadores a olharem para as formas particulares que bebês e crianças se apropriam do conhecimento e de novas experiências.

Assim como o processo de reformulação do Ensino Fundamental, o currículo da Educação Infantil passará por uma ampla discussão, absorvendo olhares diversos. Ao final da reformulação, a comunidade escolar estará afiada com as novas diretrizes, seguindo para o campo prático.

A coordenadora desse processo na Semec, Celina Lira, explica que os professores dos Centros Municipais de Educação Infantil já conhecem boa parte das novas diretrizes.

“Já utilizamos algumas dessas mudanças em sala de aula, mas agora passamos oficialmente ao processo de reformulação para que esse documento guie todos os planejamentos pedagógicos. Formamos um grupo, montamos o cronograma e vamos discutir tudo à luz da BNCC, trazendo novidades como os campos de experiência, algo essencial para o aprendizado das crianças”, conta Celina.