Os requerimentos de diversos serviços dos servidores da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina já podem ser feitos de forma eletrônica. Para fazer o cadastro, o servidor deve acessar o site da Prefeitura de Teresina. Essa é mais uma das funcionalidades incluídas no Programa Teresinense Digital, implementado pela Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater).

Segundo o presidente da Prodater, Eduardo Aguiar, a ideia é buscar a eficiência administrativa “Por isso, incluímos mais essa funcionalidade ao Teresinense Digital, que hoje já disponibiliza aos teresinenses um conjunto de serviços públicos que antes eles precisariam se deslocar até o órgão para iniciar o processo. Estamos ampliando as funcionalidades para que elas possibilitem também que os nossos servidores possam ter essa facilidade na hora de solicitar algumas demandas”, explicou.

Por meio da plataforma, os servidores podem fazer o requerimento solicitando diversos serviços, tais como Abono de permanência, alteração cadastral, certidão do tempo de contribuição, correção de pagamento, declaração de tempo de serviço, ficha/histórico funcional e mapa de tempo de serviço, horário especial de estudo/liberação de servidor para estagiar/estudar. É possível ainda requerer Horário para amamentação, implantação de adicional de insalubridade/periculosidade, implantação de verbas (incentivo sus/gratificação), informação de falta, informações sobre concurso (nomeados/ desistentes/ vagas), entre outros.

Para cadastrar o requerimento eletronicamente, o servidor deve acessar o site da Prefeitura de Teresina (https://pmt.pi.gov.br/), clicar em Teresinense Digital – Saúde – Requerimento Diverso – Peticionamento Eletrônico. Na parte do peticionamento eletrônico é necessário realizar o cadastro como usuário externo. Além dos requerimentos de forma eletrônica, ele ainda pode ser feito fisicamente no setor de protocolo, na sede da FMS.

Outros processos continuarão sendo realizados apenas de forma presencial, sendo abertos diretamente no protocolo da Fundação Municipal de Saúde. São eles: aposentadoria, aumento de carga horária, averbação de contribuição previdenciária, declaração de vínculo, de carga horária, a respeito de valores recebidos, denúncia (conduta de servidor), desaverbação de tempo de contribuição, devolução de servidor, disposição/cessão, exoneração/rescisão de contrato/desligamento da fms, férias de servidor cedido para outro órgão, férias de servidor em exercício na fms, fim de lista, justificativa de impedimento de posse, pagamento de servidor – solicitado pelos locais de trabalho, pedido de contratação de servidor/criação de matrícula, pedido de convênio com faculdade/escola, pedido de profissional substituto, pensão-familia, processo administrativo disciplinar, prorrogação de prazo para posse, redução de carga horária por doença, restituição ou retirada de desconto indevido de previdência, revisão de aposentadoria, solicitação de estagiário.

Veja aqui o passo a passo.