Representantes da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM) receberam, em solenidade realizada no auditório da Academia Piauiense de Letras, o relatório “Mulheres Resilientes: Cidades Resilientes”. O documento, elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), visa auxiliar na elaboração de políticas públicas para as mulheres na região metropolitana de Teresina.

O projeto foi realizado com base em diagnósticos, construções coletivas e aprofundamentos em pesquisas. O objetivo é formular a criação de propostas e soluções para igualdade de gênero e empoderamento econômico de mulheres na capital.

As atividades do projeto foram desenvolvidas nas cidades de Teresina, Demerval Lobão, José de Freitas, Nazária e Timon, no Maranhão. Juntas, essas cidades concentram cerca de 1,5 milhão de habitantes.

A analista do Programa de Gênero e Raça da Pnud Brasil, Ismália Afonso, destacou o que o projeto representa para as mulheres e para a sociedade em geral.“Esse projeto é um esforço de identificação, aprofundamento de problemas e propostas de solução para a igualdade de gênero. Na oportunidade, apresentamos um conjunto de 20 propostas voltadas a melhorar a capacidade produtiva das mulheres jovens dessa região. Fizemos todo esse rol de sugestões com base em um trabalho de um ano de diagnóstico. Com tudo isso, pretendemos que os poderes públicos consigam melhorar a perspectiva de gênero no desenho das suas ações”, enfatizou a analista.

Para a secretária da SMPM, Macilane Gomes, o relatório marca a chegada de uma ferramenta importante para o avanço da implementação de políticas públicas para as mulheres de Teresina.

“Será um instrumento para analisar problemas, com base nas ações que já executamos e potencializar essas atividades que vêm sendo realizadas. Olhando as referências, achei interessante que colocaram várias leis municipais. O próprio Plano Municipal de Políticas para as Mulheres virou uma referência. Ficamos satisfeitas, pois mostra que estamos antenados e no caminho certo”, finalizou.