Ascom/FWF

Encerraram na última sexta-feira (31/01), as inscrições para o processo seletivo para escolha de instrutores que irão atuar nos projetos de profissionalização realizados pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz. Ao todo 1.408 pessoas fizeram a inscrição pelo site da instituição, mas destes, apenas 442 realizaram a entrega das documentações exigidas para efetivar a participação no processo.

De acordo com Scheyvan Lima, Presidente da Fundação Wall Ferraz, as 966 pessoas que ainda não entregaram a documentação, tem até as 13h desta segunda-feira (03/02), para efetivar a participação no processo seletivo. “O edital é bastante claro sobre a inscrição pelo site, seguida pela entrega dos documentos aqui na sede da Fundação Wall Ferraz”, enfatiza Scheyvan Lima, afirmando ainda que para melhorar o atendimento presencial, a instituição irá aumentar o numero de funcionários a fim de dar agilidade ao processo de recebimento dos documentos.

Em 2019, cerca de 200 profissionais aprovados para o cadastro de reserva foram convocados. Neste ano, com o aumento da demanda, é possível que mais profissionais sejam chamados. O edital reserva ainda 5% de vagas para pessoas com deficiência.

Os selecionados irão atuar em 12 áreas, garantindo a melhoria nos serviços que já são oferecidos aos teresinenses. Nesta edição, serão selecionados profissionais na área da alimentação, ambiente e saúde, artesanato, beleza e estética, confecção têxtil, gestão e negócios, idiomas, informática/eletrônica, infraestrutura, mecânica, turismo/hospitalidade/lazer, controle e processos industriais, formação socioprofissional e imagem.

Veja o edital