Após as fortes chuvas que caíram em Teresina, na tarde de quarta-feira (5), o superintendente da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro Norte, Carlos Daniel, e os técnicos do órgão visitaram, nesta quinta-feira (6) as regiões ribeirinhas e próximas às lagoas, que demandam atenção redobrada nos períodos com altos índices pluviométricos. Além desses locais, as equipes também percorreram as estações de bombeamento para verificar o nível das águas nesses locais.

De acordo com o superintendente da SDU Centro Norte, Carlos Daniel, a manutenção preventiva das estações de bombeamento ajudaram a evitar maiores problemas com a forte chuva de ontem. “Desde o início do período chuvoso, estamos fazendo a limpeza de galerias, bueiros e manutenção das bombas, por isso conseguimos um bom escoamento das águas da chuva”, disse.

Daniel reforça que os pontos que apresentaram problemas foram poucos, mas as equipes já estão em campo desde ontem resolvendo. “Precisamos mais uma vez alertar a população para que evite jogar lixo em terrenos baldios e nas vias públicas, pois quando chove esse material vai todo para as galerias e dificulta o escoamento da água”, acrescenta.

A gerente de Obras e Serviços da SDU Centro Norte, Patrícia Santos, reforça que a manutenção preventiva foi muito importante para evitar maiores transtornos. “O pontos mais críticos ocorreram porque as pessoas insistem em jogar lixo em locais inadequados e ainda estão aterrando as lagoas, com isso a água fica sem ter por onde escoar. Por esse motivo pedimos que as pessoas mudem seus comportamentos, porque somente assim conseguiremos evitar muitos problemas”, alertou.

A gerente ressalta que para resolver esse problema de drenagem a superintendência está projetando a construção de novas galerias em vários pontos da zona Norte. “O fechamento do Canal do Mocambinho, que terá a obra iniciada na próxima semana, é uma das medidas para resolver esse problema de escoamento de água na região”, diz.

Desde novembro do ano passado, momento em que as frequentes chuvas começaram a aparecer na capital, a superintendência vem atuando com medidas preventivas para evitar possíveis transtornos nas localidades próximas a rios e lagoas. Foram realizadas constantes vistorias, manutenção e monitoramento das estações de bombeamento e prestada toda a assistência social necessária para as famílias que tiveram algum transtorno com as chuvas.

Estações de Bombeamento

Durante todo o ano a SDU Centro Norte mantém a manutenção das bombas das estações. Todo o sistema funcionou durante as cheias dos rios que cortam a capital, evitando transtornos na região.

Só na zona Norte são 24 bombas aptas para atuarem nas estações de bombeamento, sendo 6 na Avenida Marechal Castelo Branco (Bairro Primavera), 9 na Avenida Boa Esperança, próxima ao Encontro dos Rios, e 6 submersas e 3 externas para casos emergenciais na Rua Santa Clara (no Dique do Rio Poti), atendendo as Vilas Mocambinho 1, 2, e 3, bairros Mocambinho e Santa Sofia.