A população da região sudeste de Teresina que possui transtornos mentais graves e severos será beneficiada com o funcionamento da nova sede do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Rubens Barbosa Lima, administrado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) e localizado na Rua Poncion Caldas, no bairro Renascença. A solenidade de inauguração acontece nesta segunda-feira (10), a partir das 18h30, data em que o Centro completa 10 anos de existência.

O CAPS da zona Sudeste é voltado para atender pessoas maiores de 18 anos com transtornos mentais severos e persistentes, oferecendo atendimento médico e psicossocial, além de desenvolver atividades em grupo, visita domiciliar e outras ações que estimulam a integração social e familiar.

Com área construída de 728 metros quadrados, o CAPS leva o nome de Rubens Barbosa Lima, que foi médico psiquiatra e um dos pioneiros no atendimento de crianças. O Centro foi construído em um espaço bem localizado e obedecendo aos padrões do Ministério da Saúde. O valor do investimento para a construção correspondeu a R$ 1.1.311.128,02, oriundos do Governo com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

Segundo o presidente da FMS, Charles Silveira, a FMS tem investido na rede de saúde mental e a entrega dessa obra representa um avanço na área. “Ao longo dos seus 10 anos, o CAPS da zona sudeste já teve três sedes, em prédios alugados. É com imensa satisfação que agora estamos entregando essa sede nova, própria e dentro dos padrões do Ministério da Saúde. Com a inauguração, queremos proporcionar mais conforto a todos e aperfeiçoar os serviços voltados para quem tem transtornos psíquicos”.

A coordenadora do CAPS Sudeste, Ana Benedita, relembra que, antigamente, as pessoas que tinham transtornos mentais só tinham a internação como experiência de cuidado. “Com a criação dos CAPS essa realidade mudou e o tratamento evoluiu. Ficamos felizes por fazermos parte dessa história e com nosso trabalho no Centro proporcionar melhor qualidade de vida para quem é diagnosticado com transtornos psíquicos”. Ela relembra ainda que Teresina conta com sete CAPS, todos administrados pela FMS.

Conheça a estrutura física do CAPS Sudeste

Para o completo funcionamento deste CAPS foram construídas quatro salas para atendimentos individualizados, dispensário de medicação, área externa de convivência, quartos coletivos com banheiro adaptado, posto de enfermagem, salas de espera, de medicação, de recepção, de marcação de consultas, de reunião, ala administrativa e de atividades coletivas. Há ainda almoxarifado, espaço de convivência, refeitório, cozinha, sala de nutricionista, banheiro para funcionários, DML e banheiros públicos.

A equipe é formada por psiquiatras, psicólogo, assistente social, educador físico, terapeuta ocupacional, nutricionista, enfermeiro e técnico de enfermagem. As atividades realizadas são atendimento individualizado, grupos terapêuticos, grupos com familiares, atendimento individualizado à família, oficinas de produção e geradoras de renda, práticas de Expressão e Comunicação em CAPS, visitas domiciliares, tratamento medicamentoso, busca ativa, matriciamento, atenção em situações de crise.