Até o final deste semestre a população da zona Sul de Teresina ganhará duas importantes obras. Uma é o viaduto de ligação das avenidas Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho, que deve ficar pronto até meados do mês de junho. A outra é a Via Sul, no trecho que inicia na rotatória do Cefapi, até sua ligação com a Ponte Anselmo Dias. Neste caso, trata-se de uma obra ainda maior, que continuará até a Avenida Manoel Ayres Neto, no Vamos Ver o Sol. A conclusão da primeira parte já representa uma grande transformação na mobilidade urbana da cidade como um todo.

Durante sua agenda de visita a obras, o prefeito Firmino Filho esteve nestes dois locais na manhã desta terça-feira (11), acompanhado pelo superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, e por Marco Antônio Ayres, da Semduh. O primeiro local visitado foi a Via Sul, onde o prefeito observou o trabalho que está sendo realizado na base da Ponte Wall Ferraz, exatamente para possibilitar que a construção da pista siga normalmente, fazendo ligação com o segundo trecho, que também já está avançando rapidamente.

“Em um ou dois meses, após o fim desse inverno, estaremos fazendo a entrega dessa obra para a população, ou seja: ainda nesse primeiro semestre teremos o tráfego liberado entre a curva do Cefapi e a Ponte Anselmo Dias”, afirmou o prefeito.

Ainda na Via Sul, Firmino Filho recebeu as crianças que estavam participando do lançamento do projeto “Rolê por Terê”, da Semel, conhecendo alguns pontos turísticos da cidade. O prefeito explicou sobre a obra e seu andamento a um grupo de estudantes da Escola Olímpio Castro, no Vale do Gavião.

De lá, a comitiva seguiu para a obra do viaduto no bairro Tabuleta, que também está transcorrendo em ritmo acelerado. No momento a construtora trabalha em duas frentes principais: implantação das vigas de ligação e construção da estrutura que vai existir na parte debaixo do viaduto. “Essa obra vai melhorar sobremaneira a mobilidade urbana da zona Sul, em especial nesse corredor de ônibus que une o Centro ao Terminal do Parque Piauí”, disse.

Na Via Sul o investimento na obra entre a ligação com a Avenida Marechal Castelo Branco e a Ponte Anselmo Dias é R$ 30 milhões. De lá até a Avenida Manoel Ayres Neto serão mais R$ 35 milhões. A avenida terá três pistas de rolamento de cada lado, um canteiro central de seis metros de largura, calçada do lado da floresta fóssil, também de seis metros, e outra de três metros do lado das residências, toda iluminada e com ciclovia.

Já no viaduto, a Prefeitura de Teresina está investimento cerca de R$ 25 milhões, recursos do Governo Federal, através do Pacto pela Mobilidade, com a contrapartida da administração municipal.