Nesta quarta-feira (12) a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina realizou a entrega simbólica de tablets para os Agentes de Comunitários de Saúde (ACS), em solenidade ocorrida na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Memorare. Os novos equipamentos irão agilizar o processo de cadastramento de 289 mil teresinenses nas UBSs, ação necessária para o envio de recurso do Governo Federal, que financia a Atenção Básica.

O presidente da FMS, Charles Silveira, explica que houve mudança na forma de financiamento da Atenção Básica e o Governo Federal quer que Teresina cadastre 70% da população. “Já cadastramos 66%, mas a nossa meta é cadastrar 100%. Para isso, os nossos agentes, devidamente fardados e com tablets, estão visitando as casas. A população também pode se dirigir às UBSs, portando documentos pessoais”, Charles.

Atualmente, os agentes comunitários fazem visitas domiciliares e preenchem os formulários de saúde manualmente e depois repassam as informações para os computadores. “Nosso intuito é agilizar o trabalho desses profissionais, utilizando a tecnologia a favor da saúde. Inicialmente serão entregues 200 tablets, mas a previsão é de que todos os agentes, que são mais de 1.300, recebam esse dispositivo”, finaliza o presidente.

O agente comunitário de saúde da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Memorare, Luís Carlos, avaliou como positiva a aquisição dos tablets. “Foi um bom investimento feito pela FMS e através desses aparelhos nosso trabalho vai ficar mais prático em relação aos cadastros individuais e domiciliares. Antigamente utilizávamos folhas, dava mais trabalho e tínhamos que digitar no computador ao chegar na UBS”, conta.

Os tablets contêm o sistema E-SUS, onde os agentes irão registrar informações relevantes sobre condições de saúde e de vida das famílias. “Isso irá contribuir para traçar, no tempo oportuno, o perfil epidemiológico das regiões da cidade, contribuindo para criação de políticas públicas na saúde. Ficamos felizes com essas melhorias que estão sendo implementadas na Atenção Básica”, afirma o diretor de Atenção Básica da FMS, Francisco Pádua.

Teresina conta com 91 Unidades Básicas de Saúde (UBS) espalhadas em todas as zonas e administradas pela FMS. Nestes locais, os usuários podem receber atendimento básico nas áreas clínicas. São ofertadas consultas médicas e de enfermagem, inalações, injeções, curativos, vacinas, exames, tratamento odontológico, fornecimento de medicação básica e, quando necessário, encaminhamento para consultas especializadas.