Ascom/Sdu Centro Norte

A obra do Museu da Imagem e do Som (MIS), localizada no prédio da antiga Câmara Municipal de Teresina, ao lado da Rua Climatizada, está na etapa da fundação. Com o investimento total de mais de R$ 5 milhões, oriundos de financiamento com o Banco do Brasil, e prazo de execução de 12 meses, o local vai ganhar nova fachada e abrigará também a Pinacoteca de Teresina.

O espaço terá cinco pavimentos com loja, café, cineclube, auditório, estúdio de som, laboratório de cinema, ilha de edição, midiateca, videoteca, núcleo de digitalização, restauração e catalogação, laboratório de fotografia e espaço destinado a eventos.

O prédio também será utilizado para produção e comercialização de obras de artistas locais. A intenção é transformar o local em um importante espaço de divulgação de arte, dando visibilidade à produção de artistas. Os recursos são para execução da parte estrutural do prédio e de toda a sua montagem.

De acordo com a engenheira da SDU Centro Norte, Adélia de Melo, a obra do museu está apenas começando. “No momento estamos fazendo a primeira etapa, a fundação. A expectativa é que no segundo semestre a gente entregue mais essa grande obra para cidade de Teresina”, acrescenta.

O superintendente executivo da SDU centro Norte, Márcio Sampaio, explica que o museu é uma obra de grande valor cultural para a cidade. “A nossa cidade cresceu e já merece um lugar nesse estilo para proporcionar espaços para exposição de arte e para o lazer as pessoas”, diz.

A intenção é que, juntamente com a reforma do prédio, seja executado um novo espaço em sua lateral. “O Museu da Imagem e Som vai revitalizar completamente a área central da cidade, e vai trazer para o município grandes apresentações, inclusive de obras de arte tanto nacionais quanto locais”, complementa Sampaio.