Uma prática bem sucedida da Escola Municipal Parque Itararé, zona Sudeste de Teresina, será compartilhada para todo o mundo, servindo de inspiração para outras escolas. O Projeto Desperdício Zero foi selecionado para fazer parte do banco de ações pedagógicas da Rede Conectando Saberes, apoiada pela Fundação Lemann.

A equipe escolar encontrou uma forma de sensibilizar os alunos para reduzir o desperdício de alimento durante as refeições na escola. Cartazes afixados no refeitório, concurso de produções artísticas e até ouvir a opinião dos estudantes sobre o cardápio ajudou a evitar que 80% da comida nos pratos fosse parar no lixo.

O projeto funcionou tão bem que foi destaque nacional, sendo um dos três selecionados, entre 350 inscritos na região, do “Conectando Boas Práticas”, que reúne as melhores ideias pedagógicas do Brasil. Agora, a Fundação Lemman anunciou que vai utilizar a ideia para inspirar outros professores na plataforma do Conectando Saberes, impactando o maior número de alunos possível.

“Nosso projeto vai ganhar o mundo”, disse o professor José de Jesus, um dos idealizadores da ação. Segundo ele, em 2020 o Desperdício Zero vai ainda mais longe. “Vamos continuar esse trabalho e concorrer na seleção do prêmio ‘Professores do Brasil’, do Ministério da Educação”, anuncia.