O Programa Lixo Zero verificou um aumento nas infrações por descarte irregular realizadas no mês de janeiro deste ano, quando comparado a dezembro de 2019. Foi registrado um crescimento de 44,55% nas autuações e 100% na quantidade de notificações. Ao todo, foram aplicadas 76 notificações, 146 autuações e 50 infrações de trânsito.

“Percebemos que esse crescimento de infrações se deve pela alta incidência de reformas e podas que acontecem nos meses de dezembro e janeiro. Mesmo com a presença dos Pontos de Recebimento de Resíduos (PRRs) para receber esse material, a população ainda insiste no descarte de resíduos em locais inapropriados”, explica o coordenador do Programa Lixo Zero, Denis Sena.

O levantamento ainda apontou que as zonas sul e leste são as regiões onde foram registrados os maiores números de autos de infração, representando 28% e 26%, respectivamente. As infrações cometidas por Pessoas Jurídicas prevaleceram sobre as Pessoas Físicas, sendo 54% cometidas por aquelas contra 46% cometidas por estas.

“Temos equipes atuando diariamente nos turnos manhã e tarde, fiscalizando e orientando a população para que antes de qualquer penalidade, tenhamos a conscientização dos moradores sobre as consequências do descarte irregular. Primeiro orientamos, em casos reincidentes entregamos uma notificação e em seguida autuação com multas que podem variar de R$ 354,00 a R$ 3.540,00”, destaca o coordenador.

 

Fique Esperto!

A Prefeitura de Teresina reforça que disponibiliza 53 Pontos de Recebimento de Resíduos (PRRs) distribuídos em todas as zonas da cidade para receber restos de poda, materiais de construção, móveis velhos de até 1m³ (medida de uma carroça). Para saber a localização dos PRRs confira: https://semduh.teresina.pi.gov.br/.

A população também pode atuar como parceira do município e realizar denúncias de descarte irregular por meio do aplicativo da prefeitura, o Colab, disponível gratuitamente para Android e IOS, ou pelo WhatsApp do Programa Lixo Zero (86) 99806-6171.