Até o dia 09 de março, a produção técnica da Orquestra Sinfônica de Teresina estará recebendo ofícios das escolas de toda a capital, solicitando a realização de concerto em seus espaços, durante todo o ano de 2020. Se trata do projeto Orquestra Nas Escolas, que vem marcando presença e mudando as rotinas escolares desde 2014.

Os ofícios podem ser enviados para o e-mail producaoost@gmail.com , ou deixados pessoalmente no Palácio da Música, localizado na Rua Santa Luzia, n° 1241 – Centro. No assunto, deve ser colocada a especificação: Solicitação da Orquestra dentro do projeto Orquestra nas Escolas, assim como telefone para contato, especialmente número de celular.

Logo após o envio de solicitações, a equipe dará início às visitas técnicas para verificar se a escola tem estrutura para receber a orquestra, como tamanho que comporte os músicos e um espaço protegido da chuva e do sol. Serão escolhidas oito escolas a serem contempladas pelo projeto Orquestra Nas Escolas, que tenham alunos a partir dos seis anos de idade (ou seja, escolas de ensino fundamental e médio). O concerto é sempre de 15h às 16h, em dias de quarta-feira ou sexta-feira. A solicitação e os pré-requisitos atendidos de acordo com as necessidades não garantem a presença da OST ainda neste ano nas escolas, visto que será de acordo com a agenda do grupo.

As apresentações terão início a partir de 1° de abril, sendo realizadas uma vez por mês. O “OST nas Escolas” foi realizado pela primeira vez em 2014. A ideia é levar um concerto didático até as crianças, estabelecendo uma dinâmica com os alunos por meio da apresentação de um repertório que mescla música clássica, popular, infantil e de filmes, oferecendo aos estudantes a oportunidade de conhecer os instrumentos e interagir com o maestro e os músicos.

A OST é mantida pela Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina com a ajuda da Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. Desde a sua criação, em 1993, a Orquestra se propõe a dar um tratamento sinfônico à música popular brasileira, tendo a primazia de transpor as melodias de grandes compositores populares, para a grandiosidade do som sinfônico, com a finalidade de desenvolver um trabalho artístico-educacional, promovendo apresentações em teatros, colégios e praças.