Renato Bezerra

O número de turistas em Teresina durante o período do Corso registrou aumento em 2020. De acordo com pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), o fluxo de turistas na avenida em 2019 era de 9,3%, número que saltou para 15,1% este ano, representando um crescimento de 62,4% de participantes vindos de outras cidades.

Os dados mostram que mais de 13 mil pessoas vieram à capital exclusivamente para participar do Corso e revelam ainda que estes turistas resolveram gastar mais em Teresina em função da festa. Em 2019, os visitantes gastaram R$ 147,24 em média, enquanto em 2020 o gasto saltou para R$ 249,82. Isso significa que somente os turistas geraram uma receita de R$ 5,3 milhões no total.

De acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, estes números representam os investimentos que a Prefeitura tem feito para tornar o Corso de Teresina cada vez mais atrativo. “A Prefeitura tem se esforçado para fazer com que esta importante festa do nosso calendário aconteça. A organização tem melhorado a cada ano, assim como a construção de atrativos, além da segurança no local. Estes números, em outras palavras, revelam que o corso é capaz de fazer uma grande movimentação financeira na cidade, uma vez que as pessoas não gastam somente no momento da festa. Elas gastam dinheiro usando transporte, customização de abadá, adereços, fantasias, entre outras coisas”, explica.

Para o Coordenador Especial de Turismo e também Coordenador das pesquisas da Semdec, Eneas Barros, o estudo é muito importante para nortear as ações da Fundação Monsenhor Chaves (FMC), responsável por realizar o Corso. Ele acrescenta que os resultados positivos também são frutos das ações da pasta no impulsionamento do setor de turismo.

“A Secretaria vem monitorando o Corso de Teresina há seis anos. Essas pesquisas ajudam a identificar as impressões do folião acerca do evento, ao tempo em que conhece melhor os turistas em visita à cidade. Essas informações são repassadas à Fundação Monsenhor Chaves, responsável por realizar o Corso, para que na edição seguinte as ações sejam aperfeiçoadas. Temos notado resultados positivos ao longo dos anos, na medida em que verificamos que as ações da Semdec no mercado nacional têm gerado bons frutos, como a elevação do fluxo turístico que chega a Teresina exclusivamente para participar do Corso”, diz.

A Semdec realizou o levantamento dos dados durante a folia do Corso, que aconteceu no último dia 15 de fevereiro, com a participação de 14 estudantes universitários, os quais foram selecionados para somar à equipe de pesquisa da Coordenação de Turismo. Os pesquisadores, em sua grande maioria, são alunos do curso de Turismo da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Foram aplicados 300 questionários, com margem de erro de 5,5%.