Neste sábado (29), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) descartou um caso que era suspeito de Coronavírus em Teresina. O resultado do exame atestou que a pessoa de 24 anos de idade, que tinha viajado por vários países, não foi infectada por esta doença e sim está com outros vírus respiratórios comuns chamados de vírus sincicial  e metapneumovírus.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, explica que a equipe de saúde seguiu todas as recomendações do Ministério da Saúde. “Após confirmação de que não era Coronavírus, a pessoa foi liberada do isolamento domiciliar e a recomendação é de que mantenha os cuidados com a sua saúde, se hidratando e se alimentando saudavelmente. Ele está clinicamente estável”, confirma.

Em Teresina, não há nenhum caso confirmado de Coronavírus. “A população não precisa se alarmar, mas deve seguir os cuidados básicos de prevenção”, afirma o presidente da FMS, Charles Silveira. Ele explica ainda que a rede de saúde da FMS tem plano de contingência e pode realizar atendimentos e que, em caso grave ou de internação, o hospital de referência é o Natan Portela.

O Coronavírus é o nome de família de vírus que causa infecções respiratórias e que se espalha na China e em países da Europa. Nestas situações, a equipe de saúde notifica à Diretoria de Vigilância em Saúde da FMS, observando o quadro clínico e o roteiro de viagem do paciente nos últimos 14 dias. É feita coleta de exames e isolamento da pessoa com suspeita.

Segundo Kelsen Eulálio, médico infectologista da FMS, os sintomas do Coronavírus são similares aos de uma gripe comum e a pessoa pode apresentar tosse, febre e dificuldade de respirar. “Pedimos que a população fique atenta para os sinais, principalmente se tiver vindo da China ou outros países da Europa ou tiver tido contato com alguém que veio desses países”, pontua.

 

Confira dicas para prevenir o Coronavírus:

  1. Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

2.Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

3.Evitar contato próximo com pessoas doentes.

4.Ficar em casa quando estiver doente.

5.Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

6.Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

7.Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas.