A Prefeitura de Teresina tem submetido a estudo de viabilidade técnica 191 propostas de obras e serviços importantes para a comunidade, que serão executadas em 2020, com investimento de R$ 21 milhões disponibilizados pelo município para o Orçamento Popular.

Estas propostas depois seguirão para apreciação do Conselho Municipal de Orçamento Popular (COMOP), ainda no mês março. Durante os Fóruns Zonais, realizados no mês de fevereiro deste ano, moradores de todas as zonas de Teresina escolheram 191 propostas e elegeram 59 conselheiros.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antônio Ayres, dentre as propostas encaminhadas para estudo, constam solicitações de cursos profissionalizantes, construção de biblioteca, unidades habitacionais, obras de abertura de ruas, calçamento, asfaltamento, implantação de sistema de abastecimento de água, rede elétrica e outros.

“No momento, as propostas foram encaminhadas para as Secretarias que irão executá-las para que seja feito um parecer técnico, avaliando sua viabilidade e ressaltando informações necessárias para a execução de cada uma. Depois essas propostas e pareceres serão apresentados para que o COMOP possa realizar uma análise dessa documentação, realizar visitas in loco e submeter à votação as propostas que forem pré-selecionadas”, explica o gestor.

Ao final dos trabalhos de análise de propostas pelos conselheiros, o Conselho irá apresentar um relatório por zona contendo informações de todas as propostas aprovadas e suas observações.