Ascom/Semec

O que começou com o objetivo de mostrar aos alunos o mundo tecnológico, está ganhando espaço nas escolas municipais de Teresina e este ano avançou para desafios ainda maiores. Nesta segunda-feira (02), o Programa Letramento em Computação deu início às atividades de 2020 com o Módulo II para os alunos veteranos e o Módulo I para os estudantes novatos no programa. Entre as novidades está à expansão do número de alunos, passando de 11 turmas para 33 e de 352 alunos para aproximadamente 1.148 alunos.

As aulas de Letramento em Computação gratuitas para alunos de escolas públicas municipais são uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) em parceria com o Instituto Ayrton Senna (AIS), Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e Centro Unificado de Inovação Aplicada (CUIA).

A coordenadora do Programa, Luciene Castro, explica que os bons resultados geraram a ampliação do número de participantes para mais de mil alunos, que a partir de agora estão pensando e praticando programação de computadores. “Os jovens surpreenderam tanto no Módulo I, que a próxima etapa será desafiá-los na construção de jogos e aplicativos”, disse.

Ascom/Semec