Vestido de capitão América, o empresário Wilson Soares conseguiu arrancar sorrisos de crianças com diagnóstico de câncer atendidas pela Associação Casa Esperança e Vida. Este ano, sua meta é dedicar mais tempo para a solidariedade. Por isso, ele foi um dos primeiros a se cadastrar no projeto Teresina Transforma, uma plataforma online de voluntariado lançado pela Prefeitura, que conecta pessoas que querem ajudar e instituições e iniciativas que precisam de ajuda.

“Não tenho como expressar em palavras a sensação de ver o brilho nos olhos das crianças e adolescentes. Muitos têm diagnósticos gravíssimos e por um momento fazê-las acreditar que podem vencer foi renovador, dinheiro nenhum paga. Entrei para levar vida a elas e saí com mais vida do que poderia imaginar”, descreve Wilson Soares.

Para ele, conseguir realizar o cadastro e conhecer todas as instituições e vagas através do site tornou tudo mais prático. “O que me atraiu foi a facilidade e a comodidade de encontrar, em um mesmo lugar, as instituições que precisam de ajuda. É um estímulo para quem não tem tempo de ficar procurando pessoalmente as instituições”, ressalta.

Quem também se viu atraído pelo projeto Teresina Transforma foi Alex de Carvalho, coordenador do projeto Restaurando Sonhos, que trabalha no combate à violência sexual contra crianças e adolescentes. “Comecei com o projeto Restaurando Sonhos e passei a levar os meninos para o futebol. Através do esporte, as crianças veem seus sonhos se realizarem, socializam. Fazer esse trabalho voluntário é a materialização do amor, porque um sonho sonhado em comunidade, na coletividade, a possibilidade de se tornar real é muito grande”, afirma.

Os interessados em participar do movimento podem entrar em contato através do e-mail teresinatransforma@gmail.com, site teresinatransforma.pmt.pi.gov.br ou ainda através da Gerência de Políticas Públicas da Semcaspi, no telefone 3131 4714.

A plataforma do Teresina Transforma pode ser utilizada como uma rede social. “Ao se cadastrar, a pessoa cria um perfil, publica fotos, coloca outras informações pessoais. Também é possível obter o certificado do trabalho prestado e acompanhar todas as horas de voluntariado realizadas. Fica tudo registrado no site”, explica Débora Ferraz, gerente de políticas integradas da Semcaspi e coordenadora do projeto.

O projeto faz parte do Transforma Brasil, movimento nacional em prol da solidariedade. A plataforma foi baseada em uma iniciativa criada em Recife (PE), em 2015, e desde o lançamento já alcançou a marca de mais de 1,2 milhão de horas de trabalhos voluntários prestados na cidade e possui mais de 100 mil voluntários e mais de 500 instituições cadastradas.