Ascom/Semcaspi

Buscar alternativas que ofereçam cada vez mais bem-estar e qualidade de vida aos idosos é a missão do Centro de Convivência para Pessoas Idosas Jatobá. Foi com essa motivação que o Centro abraçou o projeto “Tens que Plantar”, desenvolvido pelo Templo Espírita Nossa Senhora da Conceição (TENSC), que tem por objetivo ocupar espaços ociosos do prédio transformando-os em jardins, pomares, canteiros e hortas medicinais.

Segundo o secretário Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira, o espaço, que foi pensado a partir da cooperação entre várias instituições, é uma forma de melhorar a cidade e principalmente, oportunizar mais espaços de convivência aos idosos.

“Esse espaço foi sonhado por muitos, executado por tantos outros, mas não é de um ou de outro, é de todos nós que fazemos essa cidade cada vez melhor. Nosso desejo é que esses jardins contribuam para a melhoria de vida dos nossos idosos, que vão poder fazer do cultivo uma verdadeira terapia”, disse.

O projeto “Tens que plantar” valoriza o saber popular incentivando a integração com a comunidade na busca por uma vida saudável através do cultivo de hortas e pomares naturais, somando forças para a preservação e bom uso do meio ambiente.

Para Rosa Francisca, idosa que frequenta o Jatobá, os ambientes ficarão ainda mais bonitos com os cuidados e o amor de todos. “O jardim está lindo e vai ficar ainda melhor, mais bonito, com os nossos cuidados. Acredito que será muito bom também para nossa alimentação. Tenho certeza que a cada dia vai ser melhor porque nós vamos cuidar com muito amor”.

Stephanie Santos, coordenadora do Jatobá, enfatiza a importância de desenvolver o projeto junto com os idosos do Centro, através do apoio do TENSC, sobretudo na alimentação a partir do cultivo de hortas mais saudáveis.

“Podemos ver o quanto trouxe beleza para o nosso prédio principalmente nesse período de chuva. Trouxe bem-estar com um espaço ainda mais acolhedor para os nossos idosos. A gente sabe que quando a gente planta, com o nosso toque, temos um gosto maior para consumir e isso vai contribuir para que eles tenham uma alimentação saudável, além da consciência ambiental”.

A partir de agora, com o apoio da equipe técnica do Templo Espírita, os idosos do Centro cuidarão dos jardins instalados. “O projeto foi entregue hoje, mas não encerrou, vamos fazer visitas mensais para acompanhar os idosos, ver como eles estão atuando nos canteiros de hortaliças e medicinais, no pomar, no jardim. Essa terapia vai fazer parte da vida deles”, disse Maria das Graças do Nascimento, presidente TENSC.