Ascom/ FMS

Os usuários da saúde mental de Teresina dispõem de um local para expor e comercializar seus produtos artesanais durante as oficinas dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). É o quiosque Inspirados, mantido pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) no Shopping da Cidade.

O quiosque Inspirados fica no primeiro piso do Shopping da Cidade, em frente ao elevador do local, e funciona no período da manhã até às 13h. Os produtos são resultado das oficinas terapêuticas de artesanato que são realizadas regularmente com os usuários de todos os CAPS. “São peças artesanais variadas: decorativas do lar, enfeites para cabelos, tapetes em crochê, canetas decoradas, pulseira, bolsas, chaveiros, móbile para carro e muito mais, tudo artesanal”, conta Laiara Rezende, assistente técnica de saúde da FMS e responsável pelo local. “O quiosque é porta aberta para todos os usuários, que podem visitar ou passar a manhã conosco nas vendas, acompanhados de um profissional dos CAPS”, diz.

Laiara Rezende conta que o quiosque Inspirados funciona desde 2017 e tem o diferencial de trazer o comércio de artesanato ao Shopping da Cidade, além de se tornar um meio de divulgar o serviço de saúde mental do município. “Os clientes do shopping ficam admirados, acham interessante porque não sabiam que nossos usuários podia fazer essas peças tão lindas. Muitos se surpreendem quando esclareço de onde vem os produtos, e muitos também não sabem o que é o CAPS, aí aproveito para expor brevemente sobre o serviço de saúde mental”, diz.

O dinheiro arrecadado com as vendas é dividido entre o CAPS de origem do produto vendido, o usuário que o produziu e o próprio quiosque, para sua manutenção.

CAPS

Os CAPS realizam o acompanhamento clínico e psicossocial em pessoas com transtornos mentais graves e severos, buscando a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercícios dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. O acesso aos serviços do CAPS ocorre por demanda espontânea, busca ativa ou encaminhada, sendo que o processo de acolhimento será efetivado mediante triagem realizada por um profissional da equipe multiprofissional.

Nos CAPS, o usuário encontra psiquiatra, psicólogo, enfermeira, terapeuta ocupacional, assistente social e uma equipe de apoio, que oferece atendimentos individuais, em grupo, atividades comunitárias, oficinas terapêutica e atendimento para a família (visita domiciliar, grupo de familiares).