Ascom/Semec

Um dia de recreação, festa e expectativas para os alunos que estão iniciando as atividades no Programa de Integração AABB Comunidade nesse ano de 2020, uma parceria da Prefeitura de Teresina com a Fundação Banco do Brasil. Desde 2016, alunos de escolas municipais frequentam o clube recreativo da AABB no contraturno escolar para potencializar habilidades nos conteúdos de língua portuguesa e matemática, além de atividades artísticas e esportivas.

Este ano, 100 alunos das escolas municipais José Ommati e OG Rego de Carvalho estão participando do Programa, acompanhados de profissionais de educação e saúde. Todas as despesas são custeadas pelo convênio, incluindo transporte, refeições, uniforme e demais equipamentos.

A coordenadora do AABB Comunidade na Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), Nívia Coelho, acredita em um ano de novos aprendizados e inspiração. “Acompanhamos as transformações desses alunos na escola e o resultado é animador, melhorias nas notas e no comportamento. Trabalhamos com o grupo muitas ações de incentivo à construção do futuro, além de estimular mente e corpo. É uma parceria de muitos benefícios, com expectativa de mais um ano de ganhos”, afirmou.

A festa de abertura contou com uma animada programação, incluindo momentos de lazer, circuito e muita descontração. Estre as atividades realizadas foram: futsal, basquetebol, queimada, Quiz de língua portuguesa e matemática, jogos lúdicos, piscina e cinema.

“O circuito de atividades consiste em promover momentos de lazer, reflexão, descontração, bem como despertar através de jogos e competições, o interesse pela coletividade, interação entre os alunos e o trabalho em equipe. A promoção do dia de diversão foi para dar as boas vindas e começar o ano com alegria e muita energia”, explica Nívia.

Conquistas

A coordenadora Nívia Coelho conta que o projeto vem gerando bons resultados entres os alunos envolvidos. “Quando o projeto teve inicio a ideia principal era que a escola encaminhasse os alunos com dificuldades nos conteúdos de língua portuguesa e matemática para participarem das aulas de reforço associada a atividades esportivas, um atrativo a mais para envolver os jovens. Agora estamos colhendo os resultados e esses alunos com dificuldades estão agora se destacando. Estamos com estudantes com aprovação no teste do Instituto Federal do Piauí (IFPI), sendo premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) além de outros sendo aprovados no seletivo do Programa Cidade Olímpica. É muito gratificante ver esses alunos conseguindo superar as dificuldades e se destacando”, comemora.