Renato Bezerra

Teresina e seus moradores foram, mais uma vez, objeto de pesquisa realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O órgão entrevistou 400 jovens de 15 a 24 anos, residentes dos 13 bairros que compõem o Parque Lagoas do Norte, sobre suas percepções e experiências em relação à violência. Os resultados da pesquisa serão apresentados na próxima segunda-feira (09), às 10h, no salão nobre do Palácio da Cidade, com a presença do prefeito Firmino Filho.

“Será apresentado o modelo desenvolvido na área de segurança pública pela Prefeitura Municipal de Teresina desde a primeira visita dos representantes do Fórum em 2016. A população vai conhecer os resultados dessa experiência que está sendo aplicada há mais de um ano naquela região”, disse o secretário de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira.

Entre os resultados positivos, encontram-se as consequências do trabalho realizado pelo programa Vila Bairro Segurança (VBS), que vem revitalizando os espaços públicos, combatendo e prevenindo a violência e aumentando a sensação de segurança desde sua implantação, em 2018.

“Em 2015, os representantes do Fórum Brasileiro de Segurança Pública estiveram em Teresina para fazer um diagnóstico da região dos bairros que compõe o programa Lagoas do Norte, nos apresentaram uma realidade de violência e a partir dessa concepção, várias ações foram desenvolvidas, dentre elas, a criação da Guarda Municipal e o Vila Bairro Segurança. Esse encontro será o retorno desses representantes para apresentar a sociedade uma nova pesquisa que foi feita na região depois da intervenção do poder público”, disse Débora Ferraz, assessora de Políticas Integradas da Semcaspi.

Os dados foram colhidos entre os dias 16 de agosto e 02 de setembro de 2019, por meio de abordagem domiciliar e serão apresentados paralelamente aos obtidos em estudo semelhante conduzido em 2016, de forma a evidenciar os avanços.  Embora a intenção do estudo conduzido não fosse delimitar ações governamentais específicas, foi observado diversos pontos positivos aos relatórios do Vila Bairro.

“Pelo que já tivemos acesso, a nova pesquisa aponta que houve uma mudança considerável de 2016 para os dias de hoje. As ações desenvolvidas pelo poder público contribuíram para o aumento da sensação de segurança através do Vila Bairro Segurança e da presença da Guarda Civil Municipal”, explicou a assessora.

O programa revitalizou cerca de 50% das praças da região por meio da iluminação, do calçamento e da realização de atividades de lazer e culturais, ação com consequência direta na pesquisa. Hoje, apenas 17% dos entrevistados notam a falta de iluminação pública como um problema presente. O estudo aponta ainda uma diminuição na percepção da venda e uso de drogas em espaços públicos, do furto de veículos e residências e das “bagunças noturnas”, fatores delimitados como os principais pontos de combate pelo VBS, com participação direta da Blitz Sufoco e Teresina Protege.

“Essa pesquisa vai nortear também as pretensões da equipe de trabalho e que serão apresentados ao prefeito Firmino Filho um melhoramento na ação do programa Vila Bairro Segurança. Nossa ideia é ter mais ações em curto, médio e longo prazo nas áreas de prevenção nas escolas, expansão do Blitz Sufoco e Teresina Protege, e a incorporação de tecnologia através dos recursos obtidos do BNDES”, concluiu Samuel Silveira.