Atualmente, a cidade de Teresina está passando pelo período chuvoso e a população enfrenta transtornos com os alagamentos de avenidas e ruas, muitas vezes decorrência do descarte incorreto do lixo, que obstrui as passagens das galerias e bueiros. Para minimizar os problemas, a Prefeitura, por meio da SDU Leste, tem incentivado os moradores a terem cuidados com o acondicionamento do lixo.

A colaboração da população é fator importante para evitar o acúmulo ou descarte irregular de lixo em áreas de proteção ambiental e locais inapropriados. Agir em parceria com o órgão é um elemento crucial das frentes de trabalho.

“Além de executarmos a limpeza em vários pontos da região, também temos a preocupação de conscientizar as pessoas para que elas se sintam mobilizadas a participarem conosco das limpezas nos bairros. Juntos, podemos trabalhar com ações mais direcionadas com a finalidade de manter a nossa região mais limpa. Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, destacou o superintendente João Pádua.

João Pádua ressalta ainda que os serviços de limpeza do órgão municipal têm sido um ponto importante da gestão. “Atualmente, a cidade de Teresina tem uma cobertura dos serviços de coleta domiciliar de forma eficiente. Ainda assim, solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, disse.

A equipe de limpeza destina frentes de trabalho que realizam a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores, capina e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes.

Sobre os serviços desempenhados pela Gerência de Serviços de Urbanos, o gerente Renato Lopes explica que a ação é feita por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região. “Nossa equipe atua de forma programada para cobrir toda a extensão da zona Leste, mas intensificamos os trabalhos no período de chuvas para desobstruir os canais das galerias e boca de lobo. Estamos atuando com ações intensas para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou.

Ação preventiva

A região conta ainda com um trabalho concentrado com serviços que visam garantir o perfeito escoamento das águas pluviais e impedir que o material sólido retido durante as chuvas cause maiores transtornos como, por exemplo, a limpeza das galerias dos bairros São Cristóvão (Maloca), Recanto das Palmeiras e São João, onde estão localizadas as partes consideradas mais baixas da região.

Monitoramento

Além desses trabalhos, equipes da Gerência de Obras, em parceria com a Gerência de Limpeza, fazem um monitoramento eficiente, percorrendo pontos na cidade e tomando todas as providências necessárias. “Quando a chuva acaba, geralmente uma equipe da limpeza ou um técnico da Gerência de Obras percorre os pontos que tiveram alagamentos ou, por exemplo, uma árvore que caiu e prejudica o trânsito no local. Nosso principal objetivo é diminuir os transtornos”, contou o superintende executivo e engenheiro Ângelo Cavalcante.

A Superintendência conta sempre com a colaboração da população no trabalho de conservação desses espaços. Nesse sentindo, a comunidade pode ajudar o órgão com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.