Ascom/ SEMDUH

O teresinense segue aderindo hábitos mais sustentáveis e de maior consciência ambiental. Uma prova disso é o crescimento da coleta seletiva que, em 2019, arrecadou mais de 1 mil toneladas de recicláveis, superando o valor de 829 toneladas, em 2018. Além disso, nos dois primeiros meses de 2020, a Prefeitura de Teresina já coletou 239 toneladas de recicláveis, superando o valor de toneladas recolhidas no mesmo período do ano passado.

Atualmente, o sistema de Coleta Seletiva conta com 21 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) disponíveis para a população em todas as zonas da capital e 175 locais cadastrados no Disque Coleta Seletiva, serviço gratuito oferecido pela prefeitura para locais que produzem mais de 50Kg de recicláveis por coleta.

De acordo com a coordenadora de Limpeza Pública da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Lílian Guimarães, dentre os locais cadastrados são 80 condomínios, 33 estabelecimentos privados, 13 repartições e instituições públicas, 49 bares e hotéis. Além de uma rota especial de coleta feita na zona comercial do Centro da cidade.

“Tanto o aumento de Pevs, que eram 15, no início do ano passado, e aumentamos para 21, como a rotina do Disque Coleta Seletiva e as ações diárias de educação ambiental, somam fatores essenciais para continuarmos com o crescimento de adesões à coleta seletiva”, explica a coordenadora.

Lílian Guimarães ainda pontua que a importância da segregação correta, entre os materiais recicláveis e orgânicos, na hora da disposição.

“Sempre frisamos para a população que os materiais como vidro, papel, plástico e metal não servem para reaproveitamento caso estejam sujos de rejeitos, como o caso de guardanapos usados, caixas de pizza, embalagens de alimentos. Por mais que sejam materiais com potencial reciclável, se estiverem contaminados, não podem ser reaproveitados. É o mesmo caso para copos, pratos e talheres descartáveis ou recipientes de plásticos com alimentos, que devem ser destinados para a coleta domiciliar, aquela em que o caminhão passa na porta das residências”, completou.

Sobre a Coleta Seletiva

A população pode colaborar separando o papel, plástico, metal e vidro para levá-los em um dos 21 Postos de Entrega Voluntária (PEV) disponíveis em todas as zonas de Teresina (localização disponível no  https://semduh.teresina.pi.gov.br/ ). Em casos de geradores com produção maior que 50 Kg de recicláveis, pode ser solicitado o Disque Coleta Seletiva por meio da (86) 3218-1126.

O material coletado é doado para cooperativas de catadores de lixo, que garantem sua renda vendendo esse material para empresas que realizam o processo de reciclagem.