Ascom/ SMPM

Na próxima quarta-feira (18), a partir das 19h, será realizada a 2ª edição do Selo Dona Saló. O evento, que será realizado no teatro do Boi, faz parte da Agenda Março Mulher 2020 e tem como objetivo certificar empresas privadas em Teresina que desenvolvam programas ou ações em prol da igualdade de gênero.

“As empresas inscritas para esta edição do Selo passaram por um intenso processo de avaliação. Das inscritas, 12 empresas foram selecionadas para um questionário final onde os funcionários detalharam as atividades desenvolvidas nas empresas. Também foram realizadas visitas técnicas para avaliar a execução da política de igualdade de gênero no âmbito do trabalho”, esclarece a Gerente de Articulação e Transversalidade da SMPM, Adriana Carvalho.

Na edição de 2019, a empresa Botica foi uma das certificadas. A empresa desenvolveu grandes projetos de valorização da mulher no mercado de trabalho, ações de enfrentamento à violência de gênero e fomentou a qualidade de vida da mulher no ambiente de trabalho.

“Temos o Selo Dona Saló como um grande reconhecimento de todo o trabalho que a gente vem desenvolvendo. Trabalhamos das mais diversas formas, tendo como grande norteador o respeito às pessoas, independente de gênero, cor ou orientação sexual. É uma honra trabalhar com pessoas e batalhar para ter um espaço mais igualitário”, destacou a representante Mara Serra, coordenadora de Recursos Humanos da empresa Botica.

Na 1ª edição do Selo, a empresa Botica ganhou na categoria de médias empresas, que certifica organizações de médio porte. Ao concorrer o certificado, o grande diferencial da empresa foi a intensa divulgação entre funcionários do aplicativo Salve Maria, plataforma digital que recebe denúncias anônimas de violência contra a mulher.

A empresa de Radiologia Ultra X, concorre ao certificado do Selo Dona Saló nesta edição. Representantes da organização ressaltaram a experiência de participar e da importância de obter esse reconhecimento.

“A equipe Ultra X é composta em sua grande maioria por mulheres, que ocupam diversos cargos de chefia e liderança. Apoiamos projetos que valorizem as mulheres no mercado de trabalho e ficamos honrados por sermos lembrados para concorrer a esse certificado tão significativo”, avaliou a representante da Ultra X, Sara Rocha.

As empresas que passaram pelo processo de avaliação serão anunciadas somente no dia 18 de março. O Selo Dona Saló – empresa promotora de igualdade de gênero, será concedido a pelo menos nove empresas.

Dona Saló

O Selo Dona Saló é assim denominado como reconhecimento e homenagem à Senhora Maria Salomé Silva Rabelo, proprietária da conhecida “Casa Saló”, referência no comércio de variedades em nossa Capital da década de 60 até os anos 2000. Dona Saló, como era conhecida, foi exemplo de trabalho, luta e tenacidade, dessas mulheres que não se curvam às dificuldades, como tantas outras mulheres teresinenses vencedoras. Obstinada pelo trabalho, mas igualmente dedicada à família, Dona Saló foi uma mulher à frente do seu tempo.

O Selo é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEMDEC), em parceria com a Universidade Federal do Piauí (UFPI).