Em um esforço de focar todos os esforços da saúde municipal no combate ao covid-19, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) determinou a suspensão temporária dos atendimentos ambulatoriais em todas as unidades de Teresina. Em função disso, as consultas do Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo foram interrompidas pelos próximos 15 dias, começando hoje (19).

O diretor médico do Lineu Araújo, Walfrido Salmito, explica que a decisão se deu por motivos de saúde pública. “A gente está fazendo um trabalho em conjunto por orientação do Ministério da Saúde, da Prefeitura de Teresina e da equipe técnica para que todos os esforços sejam destinados ao combate ao coronavírus”, esclarece.

Ele ressalta que a população não precisa se preocupar, pois todas as consultas agendadas para este período serão remarcadas. “Não haverá prejuízo à população. Estamos ligando para os pacientes e fazendo o redimensionamento, ou seja, o agendamento do atendimento para depois deste momento de suspensão das atividades ambulatoriais”, diz o diretor.

A decisão faz parte da série de medidas tomadas pelo prefeito Firmino Filho para barrar a disseminação da doença na capital, que incluem ainda restrição às visitas em hospitais, suspensão dos atendimentos odontológicos que não sejam de emergência, aquisição de equipamentos e materiais, priorização aos pacientes com sintomas respiratórios e suspensão de atividades coletivas nos CAPS e Unidades Básicas de Saúde (UBS), que serão a porta de entrada preferencial para pacientes com sintomas semelhantes aos da covid-19.