Ascom/SDU Leste

Agindo de forma preventiva e por meio de ação solidária, os assistentes sociais da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) e os agentes da Defesa Civil estão visitando famílias em situações de risco nas Vilas Santa Bárbara e Bandeirantes, zona Leste de Teresina.

Nas comunidades visitadas pelos assistentes da Gerência de Habitação da SDU Leste foram constatadas famílias que tiveram suas casas atingidas pela força das águas das chuvas nos últimos dias. Segundo a assistente social Marlene Siqueira, a intenção da visita é promover um amplo diálogo com as famílias e fazer um pré-cadastro com todos os dados necessários.

“Estamos aqui visitando essas famílias para entender as suas realidades e fazer seus pré-cadastros com nome completo, endereço, telefones e documentos. Nossa missão aqui é orientá-las para que elas procurem um aluguel solidário que, posteriormente, serão incluídas no Programa Cidade Solidária. Após esse período que enfrentamos com a proliferação do novo coronavírus, visitaremos essas famílias novamente para dar efetividade à inclusão no Programa, junto à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI)”, explicou a assistente social Marlene Siqueira.

O Programa Cidade Solidária, responsável pela realocação das famílias em situação de risco, ocorre de duas formas: por meio da ‘Família Solidária’ e do ‘Residência Solidária’.

No primeiro, a pessoa acolhida indica outra família para lhe receber e a Prefeitura repassa uma ajuda de custo no valor de R$ 300. No segundo, a família deve indicar um imóvel, no valor de até R$ 300, para alugar e a Prefeitura arca com o pagamento no prazo de um ano.

O superintendente João Pádua parabenizou a atuação da Gerência de Habitação, que tem como gerente a assistente social Aldeane Velozo. “Esse trabalho solidário feito pelos nossos assistentes sociais é extremamente valoroso. O monitoramento acontece rotineiramente, mas nesses períodos de chuvas, a ação acontece de forma mais atuante e constante. A nossa missão é levar mais dignidade às famílias que tanto necessitam de ajuda do município”, explanou.

Vale ressaltar ainda que os profissionais da Gerência de Habitação trabalharão em casos emergenciais em virtude das recomendações do Prefeito Firmino Filho, que decretou, no último sábado (21), estado de emergência.

Os cidadãos que queiram solicitar orientações na Gerência de Habitação poderão entrar em contato por meio do telefone (86) 99490-0864. Os assistentes sociais estarão de sobreaviso. A medida também leva em consideração a importância do combate à disseminação do COVID-19.