O isolamento social neste período para a contenção da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) faz com que as pessoas passem mais tempo juntas em casa, o que pode ser positivo, porém, para mulheres que já vivem em um ambiente de violência a redução do convívio social pode agravar essa situação.

Para a contenção desta problemática, o Centro de Referência à Mulher em Situação de Violência Esperança Garcia vem disponibilizando profissionais no serviço de teleatendimento para orientações em caso de violência doméstica e durante essa primeira semana já foram atendidos quatro casos.

Do total de casos registrados, dois foram por violência doméstica em flagrante, enviados para orientações e participações em atividades. Outro caso, enviado pelo Ministério Público, recebeu orientação psicológica e posteriormente foi encaminhado para o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). No último caso, foram realizadas demais orientações e assistências básicas.

A Secretária de Políticas para as Mulheres, Macilane Gomes, alertou sobre a importância de enfrentamento à violência durante o período de isolamento social, enfatizando o dever de todos contribuírem nessa luta também.

“Neste momento, infelizmente, além de enfrentar a pandemia, temos que enfrentar também a violência contra as mulheres. Temos recebido denúncias pelo CREG durante o período de isolamento. Nosso Centro tem esse papel de escuta, oferecendo assistência às mulheres, seja psicológica, social ou jurídica, articulando uma rede de atendimentos. Nosso apelo é que as pessoas que presenciarem alguma situação de violência, ou até mesmo as mulheres que estão passando por isso, que por favor acionem nosso serviço”, destacou Macilane.

O Centro de Referência Esperança Garcia (CREG) atende mulheres em situação de violência na cidade de Teresina, oferecendo assistência psicossocial e de assessoria jurídica. Durante o período de isolamento social, a unidade está realizando atendimentos via WhatsApp ou por ligações, pelo número (86) 99416 94511,de segunda a sexta, das 8h às 14h.