O atendimento às pessoas em situação de rua e de vulnerabilidade social foi reorganizado em Teresina para manter a atenção e protegê-las da disseminação da covid-19. A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) está garantindo a distribuição de refeições do Restaurante Popular e do Centro Pop, evitando as aglomerações de pessoas, e a distribuição de itens de higiene pela Casa do Caminho.

Os abrigos de funcionamento 24 horas, direcionados a crianças, idosos e venezuelanos, permanecem ativos, reorganizados apenas por novas normas de higienização e segurança em combate à covid-19.

A Semcaspi está utilizando um veículo para levar essa alimentação até as pessoas. “Estamos evitando aglomerações e fazendo isso de uma maneira individual”, explica o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira. Ainda segundo o gestor, é necessário manter o atendimento a essas pessoas, que dependem do poder público para ter acesso a serviços básicos.

A Casa do Caminho disponibiliza acolhida noturna, higienização, alimentação e articulação com a rede socioassistencial para garantir a proteção social às pessoas que estão em situação de rua. “Estamos tomando todos os cuidados necessários para que esses abrigos, que funcionam em confinamento, não possam proliferar o Coronavírus internamente”, afirma.

O projeto Consultório de Rua, que circula pela cidade fazendo atendimento na área de saúde para essa população em situação de rua, continua ativo. Esta equipe é formada por médico, enfermeiro, assistente social, psicólogo e redutor de danos. A equipe atende todas as demandas desses usuários, e quando necessário, encaminha para outros serviços da rede.  São  atendimentos  voltados para controle das doenças sexualmente transmissíveis, tuberculose, pneumonia, doença de pele, e relacionados a saúde mental, dentre outros.

O secretário explica também que a Semcaspi está atenta às orientações acerca do enfrentamento ao coronavírus em Teresina e vai adaptando os serviços de acordo com a necessidade. Ele anuncia que a Secretaria vem estudando novas medidas e a partir da próxima semana vai fazer sua implementação.