Continuam suspensas as aulas nas escolas municipais de Teresina, pelo menos até o dia 30 de abril. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) anunciou a extensão do prazo de suspensão pela ameaça de transmissão do novo coronavírus. A cidade está em isolamento social como medida de prevenção e a Prefeitura de Teresina tomou uma série de iniciativas para proteger a população, entre elas manter alunos, professores e equipes escolares em casa.

Segundo o secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma, o calendário escolar será reorganizado para preservar os 200 dias letivos e 800 horas/aula. “A ameaça se mantém, por isso prorrogamos a suspensão das aulas, mas garantimos a reorganização quando tudo voltar à normalidade. Vamos preservar a saúde dos alunos e professores e também o direito de ter os 200 dias letivos”, declara.

Em casa, os estudantes recebem sugestões de atividades pela internet. Os professores utilizam as principais ferramentas online para enviar exercícios, leituras e até vídeos com conteúdos das aulas. O desafio é manter as crianças ocupadas e trabalhando a mente, mesmo à distância.

Outra medida adotada pela Prefeitura para minimizar o impacto da pandemia entre os alunos é a distribuição de kits de alimentação escolar. Cerca de 50 mil kits já foram distribuídos para as famílias em 71 unidades de ensino pela cidade.