Ascom/SDU Sudeste

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste, em parceria com a Guarda Municipal, realizou nesta quarta-feira (8), vistoria em agências bancárias e casas lotéricas da região. O objetivo é orientar os gerentes e funcionários sobre a importância do cumprimento da determinação de distância mínima entre os clientes. 

Como se trata de atividade essencial, os bancos e lotéricas são autorizados a funcionarem durante este período de pandemia. Contudo, os estabelecimentos devem se responsabilizar pela organização das filas, respeitando a distância mínima de 1,5m entre as pessoas, a fim de evitar aglomerações. 

“Percebemos que os bancos e lotéricas estão atentos ao cumprimento da recomendação do lado de dentro da agência, mas o problema das filas do lado de fora persiste”, afirma o gerente de Controle e Fiscalização da SDU Sudeste, Alexandre Nogueira.  

A aglomeração do lado de fora da agência é relatada também pela costureira Maria da Cruz Brito. Ela conta que na semana passada precisou ir à lotérica do bairro onde mora e encontrou divergências no atendimento. “O controle para entrar estava muito bom. Era feito um revezamento de quem entrava e saia. Mas na parte de fora da lotérica as pessoas ficaram aglomeradas, esperando pra entrar sem que houvesse uma organização quanto ao distanciamento”, descreve Maria da Cruz.   

Segundo Alexandre Nogueira, a ação vai continuar durante toda o período em que o decreto que regula o funcionamento de atividades essenciais estiver vigente. “A determinação é de que façamos uma fiscalização bem mais rigorosa no sentido de orientar e fazer com que a população, os gerentes de bancos e os proprietários de lotéricas entendam a importância das normas”, diz.  

Até agora, Teresina já registrou 3 óbitos causados pela COVID-19 e 24 casos confirmados da doença. Com o decreto que determina medidas de isolamento social e suspensão de atividades não essenciais, a Prefeitura visa conter o avanço da disseminação do coronavírus e tem reforçado as ações de fiscalização.  

“Nossas equipes estarão atentas para fiscalizar e orientar para o cumprimento do decreto. Pedimos que, se possível, fiquem em casa. E, caso necessitem sair, tomem as medidas preventivas de uso de máscara, álcool em gel e distanciamento das outras pessoas”, informa Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste. 

A população pode fazer a denúncia de estabelecimentos que não estejam cumprindo as normas do decreto através do aplicativo Colab, disponível na App e Play Store.