Durante a pandemia do Coronavírus, a Vigilância Sanitária, da Fundação Municipal de Saúde (FMS), intensificou as fiscalizações nos mercados e supermercados de Teresina. O órgão também está orientando a população sobre as medidas preventivas durante as compras, para evitar a proliferação do vírus. A partir desta quarta-feira (08), as equipes estarão afixando cartazes informativos nesses estabelecimentos.

Segundo a Vigilância Sanitária, o recomendado à população é que vá ao mercado apenas quando estritamente necessário, devendo escolher apenas uma pessoa da família para ir. O órgão dá dicas de cuidados: evitar horários de aglomeração nas lojas; ir ao mercado mais próximo de casa; não levar bolsa, celular; não usar anéis e pulseiras, usar o cabelo preso e utilizar máscara, que pode ser caseira, feita de pano.

Para a gerente da Vigilância Sanitária, Jeanyne Seba, os cuidados devem começar antes mesmo de sair de casa e as pessoas podem fazer listas de itens e, com isso, otimizar o tempo e evitar repetidas idas ao mercado. “O alerta que fazemos é o de que uma pessoa assintomática pode infectar outra. A transmissão do Coronavírus ocorre por gotículas de saliva, espirro, tosse ou através de contato com superfície contaminada. Por isso, é importante tomar todos os cuidados na hora das compras.”

“Como os vírus podem estar nas superfícies dos produtos, nos carrinhos do supermercado, nas prateleiras, entre outros, é importante que cada pessoa considere que aquele produto ou local pode estar contaminado, tomando medidas de cuidado, como higienizar a parte de contato do carrinho, evitar encostar-se em superfícies e evitar levar a mão ao rosto”, finaliza.

No ambiente do supermercado, a recomendação é manter-se 2 metros afastado das pessoas, além de lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com em gel 70% e dar preferência ao pagamento com cartão, já que as cédulas de dinheiro também podem estar contaminadas.

As embalagens do supermercado também merecem atenção, de modo que as embalagens de vidro, tetra pak, latas e as de plástico podem ser lavadas com água e sabão líquido. Já as embalagens que não podem ser lavadas, é necessário usar solução feita com 03 colheres de sopa de água sanitária para cada 01 litro de água. Então, deixar agir por 01 minuto e, em seguida, o material pode ser guardado.

Estabelecimentos que não cumprirem as regras poderão ser interditados

Os donos dos mercados e supermercados que não cumprirem as normas estipuladas para o enfrentamento do Coronavírus poderão ser notificados, multados ou interditados. “Os estabelecimentos, por exemplo, tem que contribuir com o distanciamento dos clientes, controlar o acesso, higienizar com frequência os itens de uso coletivo, disponibilizar pia ou álcool em gel para as pessoas e adotar todas as medidas visando à segurança de todos”, finaliza Jeanyne.