O feriado do aniversário de Teresina, que anualmente é comemorado em 16 de agosto, este ano, em virtude da crise enfrentada devido à pandemia do coronavírus, será antecipado para a próxima sexta-feira, 17 de abril. O projeto de lei Nº82/20 enviado pela Prefeitura de Teresina, que antecipa feriados municipais, foi aprovado hoje (14), em duas votações, na Câmara Municipal de Teresina.

A medida é mais uma alternativa para permitir o isolamento social e evitar a proliferação do novo coronavírus. Já foi comprovado em levantamentos feitos em outros feriados que o número do isolamento se eleva, e as pessoas ficam mais em casa quando há um feriado. Na Sexta-feira Santa, por exemplo, o índice de pessoas que permaneceu em casa ficou em 63%, em Teresina, segundo dados da startup InLocu. Já nesta segunda-feira (13) foi registrado o menor índice de isolamento social das últimas duas semanas em Teresina, com 49%.

De acordo com o prefeito Firmino Filho, como existe subnotificação, mesmo pessoas assintomáticas podem estar contaminadas com o covid-19, e podem ser transmissores da doença, daí a necessidade de fortalecer o isolamento social.

“Antecipar esse feriado é mais uma alternativa para que possamos manter as pessoas em casa. Segundo o infectologista Carlos Henrique Nery Costa, estimativas apontam que, hoje, apenas 20% dos infectados apresentem os sintomas e que apesar de serem assintomáticos, eles continuam transmissores da doença, sem saber que estão doentes. Isso representa o principal obstáculo de controle da doença. Portanto, estamos lançando mão de  toda e qualquer estratégia para garantir o isolamento social, pois todo esforço, por menor que seja, é altamente eficiente. E ficamos felizes que o projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara de Teresina”, explica.