Com o objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte está intensificando diariamente a limpeza de bueiros e galerias nos bairros e vilas da zona Norte.

O número de colaboradores nas equipes de limpeza aumentou de 20 para 60, reforçando ainda mais os trabalhos no período chuvoso, o que resultou em uma limpeza mais eficiente na região.

Além dessa limpeza, as equipes continuam fazendo o trabalho de manutenção nas quatro estações de bombeamento que ficam na zona Norte, para assim garantir o melhor escoamento das águas nos bairros Mafrense, Poti, Parque Alvorada, São Joaquim, Nova Brasília, Parque Brasil e Mocambinho.

Na região Norte existem quatro estações de bombeamento: a primeira é a Estação da Boa Esperança, que fica na Lagoa dos Oleiros, próximo ao Encontro dos Rios; a segunda está localizada no Parque Ambiental Matias Matos; a terceira está nas proximidades do Hospital do Mocambinho e a última fica localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, nas proximidades da Ponte da Primavera.

“Apesar da pandemia que estamos enfrentado por conta do coronavírus, nossas equipes estão realizando diariamente a limpeza das galerias e bueiros. Especialmente nesse período de isolamento social, em que estamos muito tempo nas nossas casas e, consequentemente produzindo mais lixo,  precisamos contar também com a colaboração das pessoas no sentido de não descartarem lixo em locais inadequados”, alerta Márcio Sampaio, superintendente executivo da SDU Centro Norte.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU, José Neto, também pede para que a população faça o acondicionamento correto do lixo e não o descarte em locais inadequados. “Estamos vivendo dias difíceis, mas nossas equipes estão trabalhando para deixar a cidade limpa e evitar que surjam criadouros do Aedes, mas precisamos da colaboração de todos”, enfatiza.

O descarte irregular de lixo é um dos principais agravantes para o entupimento de canaletas, calhas e canais, sendo de extrema importância que a população faça sua parte e colabore com a limpeza da cidade.

A população pode denunciar o descarte irregular de lixo por meio do aplicativo Colab, que fornece aos teresinenses a possibilidade de acrescentar imagens e local da infração.