SEMCOM

As medidas de isolamento social em Teresina devem permanecer para que não haja uma explosão de casos e a saúde tenha condições de atender os pacientes diagnosticados com a Covid-19. A opinião é do infectologista Kelsen Dantas, que conversou com o prefeito Firmino Filho durante live nesta sexta-feira (17).

“Nossa saída é prevenir para que não tenhamos muitos casos e que possamos oferecer um tratamento adequado aos que mais precisam. A principal medida é ter um sistema de saúde apto para receber os pacientes, pois a falta de leitos de UTI vai matar tanto quanto a doença”, alertou o médico.

Durante a live, o médico fez uma análise da evolução da doença no Brasil. Da chegada do primeiro caso para o centésimo, houve um espaço de 17 dias. Após 14 dias, foram registrados mil casos e, sete dias depois, o país já tinha 10 mil casos confirmados da Covid-19.

“Essa é uma curva bem vertiginosa, por isso é necessário manter as medidas de distanciamento e isolamento social, para que a curva se prolongue em um tempo duas ou três vezes maior. Desta forma, os serviços podem se organizar para atender as pessoas, já que não teremos uma elevação muito aguda, com muitas pessoas precisando de UTI ao mesmo tempo, além de garantir respiradores e EPIs para os profissionais da saúde”, reforçou.

Ainda na entrevista com o prefeito, o médico destacou que as medidas de distanciamento são fundamentais para o controle da doença e que não recomenda a abertura de serviços não essenciais neste momento.

“O vírus é de altíssima transmissibilidade, então o número de casos pode aumentar muito em poucos dias. É necessário manter essas medidas e fazer uma reavaliação quanto a abertura de serviços não essenciais no final do mês. Essa abertura deve ser gradual e não pode ser à toa”, acrescentou.

Desde março, a Prefeitura vem tomando medidas para que os teresinenses cumpram com o isolamento social. O Decreto Municipal nº 19.548, determinou o funcionamento apenas de estabelecimentos e serviços essenciais, com o objetivo de evitar a aglomerações e aumentar o índice de isolamento social na cidade.