A quinta-feira (16) registrou 50% no índice de isolamento social em Teresina, um dos menores do mês de abril, ficando atrás apenas de segunda e quarta-feira desta semana, que registraram 48%. Os números figuram bem abaixo de 73%, que é o percentual mínimo recomendado para diminuir a disseminação do novo coronavírus de acordo com os especialistas. Em Teresina, segundo dados do último boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde, já são 85 casos confirmados e cinco óbitos.

Os baixos índices apontam que, mesmo com as medidas restritivas adotadas pela Prefeitura sob recomendações de autoridades da saúde, as pessoas continuam saindo de casa. Esta semana, a Câmara Municipal aprovou o projeto de lei enviado pelo prefeito Firmino Filho que antecipou o feriado do aniversário de Teresina, festejado em 16 de agosto, para esta sexta-feira (07). A medida foi adotada observando levantamentos que mostram que o percentual de isolamento se eleva nos feriados.

Além disso, o chefe do executivo municipal também decretou ponto facultativo para a próxima segunda-feira (20), data que antecede o feriado de Tiradentes, comemorado em 21 de abril. Com esta medida, espera-se que a população fique em casa, evitando a circulação pela cidade e reduzindo ao máximo possível a disseminação da Covid-19.

“Entendemos que o isolamento social é a arma mais eficaz para combater o avanço do novo coronavírus. O vírus já está circulando de forma comunitária em Teresina, chegando a todas as regiões da cidade, ao mesmo tempo em que os índices de isolamento social estão caindo. Precisamos adotar medidas para fazer a população ficar em casa”, aponta o prefeito.

Os índices de isolamento são observados diariamente através de um sistema de georreferenciamento da startup recifense InLoco, que atua em parceria com a Prefeitura de Teresina, monitorando a localização de 217 mil celulares na cidade. A empresa também utiliza ferramentas de marketing para enviar alertas para aparelhos das pessoas que moram nas regiões que mais vêm descumprindo o isolamento social.