Ascom/SDU Sudeste

Comerciantes e proprietários de estabelecimentos essenciais de Teresina estão recebendo orientações em relação ao uso da máscara no local de trabalho. Após decreto assinado pelo prefeito Firmino Filho, as Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs) estão realizando um trabalho educativo com objetivo de evitar a propagação do coronavírus na cidade.

O gerente de Controle e Fiscalização da SDU Leste, Lupércio Medeiros, explica que os fiscais que estão na rua, auxiliando a Guarda Civil Municipal, estão dando as devidas orientações quanto ao uso obrigatório de máscaras em estabelecimentos considerados essenciais e que estejam autorizados a permanecerem abertos durante a crise. “Todos precisam e devem estar conscientes da importância da proteção. Essa é uma das medidas que podem assegurar a vida de muitos cidadãos, amenizando a proliferação do novo coronavírus”, ressaltou.

A SDU Centro Norte está intensificando, inicialmente, o trabalho informativo nos mercados públicos da região. “Já fomos ao Mercado do Mafuá e São Joaquim, pois são os que estão mais movimentados.  Explicamos a importância do uso das máscaras. Percebemos que quase 60 por cento dos permissionários estavam utilizando”, comentou o gerente de Controle e Fiscalização da SDU Centro Norte, Enéas Costa.

Na próxima quarta-feira (22), a SDU Centro Norte segue com a orientação aos comerciantes nos mercados São José, Buenos Aires, supermercados e farmácias. “Faremos esse trabalho com o objetivo assegurar que o decreto está sendo cumprido e também para garantir a segurança das pessoas que estão trabalhando”, completou.

Desde o domingo (19), fiscais da SDU Sudeste também estão percorrendo postos de trabalho da região informando sobre a necessidade de cumprimento do novo decreto. “Nossa ação, neste momento, é prioritariamente educativa, instruindo sobre a importância desse novo decreto. Estamos fornecendo todas as orientações necessárias para que os estabelecimentos tenham conhecimento sobre a norma e, em seguida, possamos fiscalizar o cumprimento”, explica Alexandre Nogueira, gerente de Controle e Fiscalização da SDU Sudeste.

Seguindo a Nota Informativa do Ministério da Saúde, o decreto Nº 19.647 determina que estabelecimentos comerciais, órgãos e instituições de trabalho que desempenham serviços essenciais devem prover máscaras de proteção de tecido e as condições de correta higienização com água, sabão e álcool em gel 70%.