A maioria dos servidores municipais que não atuam na linha de frente do combate ao novo coronavírus está exercendo suas funções em home office. Esta mudança de ambiente exige a adoção de alguns cuidados, sobretudo com relação à postura e organização do tempo. Segundo Kauane Ribeiro, coordenadora da ginástica laboral da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), o home office deve seguir todo padrão de ergonomia do ambiente de trabalho.

“É interessante que a gente tenha em casa uma área específica para ser o nosso posto de trabalho, um cantinho com uma mesa, cadeira e computador. Nesse espaço deve-se evitar deixar objetos distrativos, para que consigamos manter nosso foco no trabalho”, destaca.

A profissional em Educação Física indica que o encosto da cadeira deve ser adaptado à curvatura da coluna e, se for preciso, pode-se utilizar almofadas. “Além disso, os ombros e quadris devem estar alinhados; os pés devem estar apoiados no chão ou em descanso para pés. Se você não tem esse suporte, pode improvisar com livros ou caixas. O descanso de braço deve estar na altura do cotovelo; o punho tem que estar em uma direção neutra, ou seja, sem dobrar; e os joelhos discretamente abaixo do quadril, com angulação de 90 graus”, detalha.

A posição do notebook ou computador também merece atenção especial. O monitor deve ser ajustado para que fique na altura da visão, evitando assim tensão na região cervical. “É importante observar também a curvatura dos ombros e da coluna. Caso precise, utilize livros, caixas ou resma de papel para chegar à posição correta. O teclado precisa ficar diretamente a sua frente e o mouse próximo e no mesmo nível do teclado”, acrescenta Kauane.

Outra dica é saber administrar o tempo e tentar manter a rotina de trabalho no mesmo horário em que você estaria no órgão em que trabalha. “Se você trabalha pela manhã, mantenha esse horário para estar ali trabalhando, planejando ou estudando, até para que na volta à rotina habitual, quando esse período de isolamento acabar, a gente não tenha tanta dificuldade de se readaptar”, ressalta.

Por fim, a educadora física pontua a necessidade de se movimentar durante o período de home office. “É indicado que a gente faça pausas durante a manhã. Levante, faça um alongamento, porque além de melhorar a circulação sanguínea, esse comportamento ajuda a aliviar a tensão muscular, relaxa o corpo e a mente, melhora a postura, previne dores e lesões musculares, além de aumentar a flexibilidade”, conclui.