Ascom/Semam

As árvores tornam os espaços mais saudáveis, aconchegantes e esteticamente agradáveis, proporcionando, por exemplo, efeitos positivos na saúde mental. Considerando esses benefícios, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM) tem otimizado a arborização no entorno do hospital de campanha na Universidade Federal do Piauí (UFPI), unidade que tem sido preparada pelo município para garantir assistência aos pacientes acometidos pelo novo coronavírus (Covid-19).

A ação ambiental, comandada por técnicos da divisão de monitoramento da SEMAM, já resultou no plantio de aproximadamente 90 árvores, entre espécies nativas e ornamentais, como palmeira, ipê e flamboyant. Além de inserir novas mudas, a equipe também fez a reposição de árvores comprometidas que existiam na área.

De acordo com o titular da pasta, Olavo Braz, essa foi uma das medidas que o órgão encontrou, dentro da sua competência, para contribuir com esse delicado momento de combate à pandemia, aliado a um trabalho de arborização da cidade que já vinha sendo realizado em parceria com a UFPI.

“Esperamos que essas árvores tornem o local mais acolhedor e confortável para receber os profissionais e usuários dessa unidade provisória de saúde, mas, antes disso, desejamos que esse hospital não precise ser utilizado. Em cada árvore inserida também plantamos o nosso sentimento de esperança, acreditando que dias melhores estão por vir e que o bem-estar coletivo volte a florescer o mais breve possível”, pontua o secretário Olavo.

A estrutura desse hospital de campanha está instalada no Centro de Treinamento de Badminton, que integra o Setor de Esportes da referida instituição de ensino superior. A área foi cedida temporariamente para a Prefeitura Municipal de Teresina abrigar essa unidade de tratamento, composta por 88 leitos, que enquadrará casos de baixa e média complexidade decorrentes da Covid-19.