A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) realizou o sorteio dos boxes do Mercado do Satélite. O processo foi realizado pela equipe da Gerência de Serviços Urbanos, que sorteou 20 boxes, divididos em hortifruti, carnes, frangos e frios e lanchonete e variedades.

O Mercado Público do Satélite será entregue à população a partir da próxima segunda-feira (04). Os permissionários que receberam os boxes por meio de sorteio atenderam aos critérios pré-estabelecidos pela Gerência da SDU. Todos são permissionários do antigo mercado do bairro e estavam em um local provisório para a venda de produtos aos moradores da região.

Sobre o funcionamento do Mercado, Renato Lopes destacou que no ato do sorteio dos boxes, realizou orientações necessárias, sobretudo as recomendações dos órgãos de saúde, tais como o uso obrigatório de máscaras, além do distanciamento mínimo de dois metros entre uma pessoa e outra.

No entorno do espaço, a equipe de Serviços Urbanos da SDU destinou ainda a limpeza com serviços de capina e roçadeira. Sobre isso, Renato Lopes disse que a limpeza se deu em virtude da aproximação da data de entrega do Mercado à população. “O Mercado Público do Satélite já estará em funcionamento a partir da próxima semana. Efetuamos a limpeza no entorno do espaço para garantir um local mais limpo e agradável”, ressaltou.

Conhecimento para gerir bem

No início de março deste ano, os permissionários do Mercado foram contemplados com a realização dos cursos de gestão de negócios e manipulação de alimentos. A iniciativa foi promovida pela SDU Leste em parceria com a Fundação Wall Ferraz.

O curso de Gestão foi conduzido pelo palestrante José de Ribamar Sousa, que frisou a importância de gerir bem o negócio, aplicando as diretrizes corretas para atrair os clientes, bem como gerenciar o Mercado como um todo. Dinâmicas de grupos e atividades práticas também integraram a programação.

“Essa iniciativa teve o objetivo de dar as diretrizes necessárias para que os trabalhadores tenham a oportunidade de gerenciar seus boxes de forma eficiente”, frisou o superintendente João Pádua.

Sobre a manipulação de alimentos, os comerciantes aprenderam sobre como resfriar os alimentos, que precisam de baixas temperaturas para a efetiva conservação, e como acondicioná-los de maneira correta. O manual de boas práticas do curso aplicado também abordou sobre a importância das infraestruturas e instalações no interior dos boxes, a higiene e a saúde dos permissionários. Os cursos terão continuidade após o período de isolamento social.

Estrutura do Mercado

Com investimento de R$ R$ 729.882,31, em recursos próprios do município, o mercado tem uma área ampla e ventilada, distribuída em 537,56 metros quadrados, com bancas, dois banheiros (feminino e masculino), cozinha, depósito e sala da administração.

Já a área total do terreno corresponde a 3.704,97 metros quadrados, onde serão construídos dois pátios de 437,80 metros quadrados cada um e dois estacionamentos, sendo um para veículos de passeio (626,11 metros quadrados) e outro para carga e descarga (409, 75 metros quadrados), além de vagas para motocicletas.