O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) vai montar um gabinete de crise para otimizar o atendimento a pacientes com Covid-19. A ação está sendo articulada dentro do Lean nas Emergências, projeto do Ministério da Saúde implementado pelo Hospital Sírio-Libanês.

Uma equipe multidisciplinar do HUT participou de videoconferência com membros do complexo hospitalar brasileiro sediado em São Paulo. Na pauta, a articulação de um plano de resposta hospitalar contra o novocoronavírus, que contempla a implantação de um gabinete de crise.

“Ao ampliar a capacidade do hospital para receber pacientes infectados, temos que pensar em ações organizadas e integradas de enfrentamento à covid-19. Essa é a função do nosso gabinete de crise, composto por representantes de setores, que se articula para receber uma demanda maior de pessoas com a doença nos próximos dias”, explica o diretor geral do HUT, Rodrigo Martins.

O HUT tem preparado sua estrutura física para entregar 48 leitos de UTIs exclusivas para pacientes diagnosticados com a covid-19. Deste total, 18 unidades já estão prontas para receber casos positivos da doença.

Projeto Lean

O Lean nas Emergências é uma modalidade de gestão desenvolvida por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi/SUS) que busca otimizar atendimentos em hospitais brasileiros, evitar desperdícios e superlotação de leitos de unidades de saúde públicas e filantrópicas, além de capacitar suas equipes. O HUT foi um dos hospitais selecionados e no triênio 2018/2020 para receber intervenções de profissionais do Hospital Sírio-Libanês.